Secretarias de Segurança e Educação reúnem-se para balanço das ações de 2018 na prevenção e controle da violência escolar

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook
Número de ocorrências em 2018 diminuiu em comparação
ao ano de 2017. Crédito: Divulgação.

Na reta final de 2018, representantes das secretarias de Segurança
(SEG), da Guarda Municipal (GM) e da Educação (SMED), reuniram-se para
discutir as ações realizadas e os números do Registro de Ocorrências
de Violência Escolar (ROVE) e melhorias para 2019. No total, foram 687
ocorrências e 1.102 violências registradas pelas instituições de
ensino. “Tivemos uma diminuição de 10 ocorrências e menos 255
violências registradas em comparação a 2017”, apontou o guarda
municipal Lauro Pereira. Também foram discutidas as ações, como
palestras educacionais e o projeto do Escola Mais Segura, mantido pela
Secretaria de Segurança, por meio da Guarda Municipal, e da Secretaria
de Educação. “A interseccionalidade é um grande desafio e esta é
importância da parceria entre as duas secretarias”, avaliou a guarda
municipal e coordenadora do Observatório de Segurança, Claudete de
Souza. A reunião também contou com a presença do coordenador da
Igualdade Racial, Ilson Rodrigues, e da equipe de Fortalecimento
Institucional, que integra o componente Prevenção à Violência do
Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI) e da empresa de
consultoria KPMG.

A assessora pedagógica da SMED, Márion Schütz, também comentou sobre
representar o Município no Seminário Vidas Negras, da Organização das
Nações Unidas (ONU), em Recife, em novembro deste ano. “A cidade foi
muito elogiada e foi uma ótima experiência em representar o
município”, relatou Marión que participou do painel “O que tem dado
certo: boas práticas municipais de prevenção no Brasil”, além da
elaboração da carta dos municípios pelas vidas negras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *