Saúde microrregional é debatida em Estância Velha

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook
Crédito: Divulgação.

Um dia de integração, aprendizagem e compartilhamento na saúde de Estância Velha e de cidades vizinhas. O CTG Serigote abriu suas portas para o XXI Encontro Microrregional de Agentes Comunitários de Saúde (Emacs) e VIII Encontro Microrregional das Estratégias de Saúde da Família (Emesf). O evento foi organizado pelo Núcleo Municipal de Educação em Saúde Coletiva (Numesc). Além de Estância, os municípios participantes foram Araricá, Dois Irmãos, Morro Reuter, Nova Hartz, Santa Maria do Herval, Portão e Lindolfo Collor.

Na programação da manhã estava incluído credenciamento, café, palestra com o tema Política Nacional da Atenção Básica (PNAB) com o fonoaudiólogo, especialista em Sistema Público de Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), mestre em Saúde Coletiva e doutorando em Ensino das Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Tiago Pereira de Souza. Após a palestra foram formados grupos de discussão sobre o assunto.

Crédito: Divulgação.

Souza recordou do ditado popular: “a primeira impressão é a que fica”. Por isto pediu para os convidados esfregarem as mãos e depois mais forte. “Parece um barulho de chuva. Fiz esta atividade para vocês perceberam que juntos são mais fortes. Assim tem que ser na saúde’’, explicou.

A programação seguiu com flash mob (dança em grupo), palestra com o tema “Gestão Interior: como nossa percepção afeta nossas escolhas e emoções” com o professor Eduardo Pithan, sorteio de brindes e coffee break.

As integrantes da comissão organizadora foram: Claudia de Paulo da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Rincão I, Leticia Fonseca da Cruz da ESF Rincão II, Graciele de Souza da ESF Rincão Gaúcho, Vania Gomes da ESF Floresta, Rosaura Krug da ESF Centro, Carla Eliete Santos da ESF Bela Vista e Sabrina Scheffler da ESF Campo Grande.

As autoridades chamadas para compor a mesa foram: prefeita Ivete Grade; enfermeira Márcia Ribeiro, representando o Numesc; Graciele Maria de Souza, representando os agentes comunitários estancienses; Jaqueline Schmitt, presidente do Conselho Municipal de Saúde de Estância Velha e Nádia Simone Cosme Britzke, representando a Coordenação Regional da Atenção Básica da 1º CRS.

Crédito: Divulgação.

Opiniões

Márcia Ribeiro disse que é um dia muito feliz e oportuno para debater temáticas sobre o Sistema Único de Saúde (SUS). “Devemos estar cada vez mais empenhados na manutenção do SUS. Temos muito amor e disposição para lutar pela causa”, destacou.

Jaqueline lembrou sobre o papel dos agentes. “O trabalho de cada um de vocês é fundamental na luta pelo SUS”, comentou.

Graciela afirmou que foi muito gratificante e prazeroso preparar tudo. “Fizemos tudo isso por e para vocês. Desfrutem desde momento”, salientou.

Já Nádia, ressaltou que o evento é a chance de qualificação para vencer a batalha. Ela ainda frisou que todas as dificuldades que os agentes passam são da coordenação também. “Meu nome é comprido igual minha esperança pelo SUS”, brincou.

Para finalizar, a prefeita Ivete Grade disse que foi grande a satisfação de receber os participantes desta capacitação. Na opinião dela, o trabalho dos agentes é engrandecedor, pois muitas vezes as famílias desabafam e sentem confiança até mesmo para contar problemas aos agentes. “Tenho um carinho e respeito enorme pela função de todos. Está tudo tão bonito para acolher vocês. Sejam bem-vindos em Estância Velha”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 12 =