São Leopoldo – Reunião discute apoio do governo para restauro da Casa do Imigrante

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Parte da Casa do Imigrante, localizada na Avenida Feitoria, desabou no último dia 5 de março

Reunião ocorreu em Brasília na última segunda-feira – Crédito: Divulgação.

O prefeito Ary Vanazzi (PT) e o secretário de Cultura e Relações Internacionais Pedro Vasconcellos estiveram reunidos, na manhã da última segunda-feira, 17, com o secretário especial de Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, em Brasília.

Na oportunidade, Vanazzi conversou com o representante do governo federal sobre a possibilidade de recursos ou financiamentos para a recuperação da Casa do Imigrante (que desabou no último dia 5 de março), na Feitoria e também a construção de um sítio histórico naquela área. Segundo o prefeito, o encontro foi bastante produtivo e positivo.

“Ele (Pires) garantiu que o governo federal tem compromisso de ajudar e apoiar a inciativa de restauro e nos indicou inclusive possibilidades de financiamento”, informou o prefeito. Pires apontou o Fundo do BNDES voltado ao patrimônio histórico e também o Fundo de Direitos Difusos do Ministério da Justiça, que tem edital aberto para apoiar bens históricos tombados, como é a Casa do Imigrante. “Há um interesse muito grande por parte do governo federal justamente pela importância da imigração alemã no Brasil e também porque estaremos comemorando os 200 anos da chegada dos imigrantes aqui, em 2024”, acrescentou o secretário Pedro Vasconcellos.

Nesta quarta, 18, o secretário de Infraestrutura Cultural do Ministério da Cidadania, Paulo Nakamura, conheceu a situação da Casa e de todos os patrimônios históricos.

Esteve presente também na reunião em Brasília  o leopoldense Marcelo Buz, que é diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação  (ITI).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 15 =