Rio dos Sinos atinge novo menor nível, desde 1998, em Novo Hamburgo

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Captação da Comusa registrou 1,82m, durante a maior seca da região desde 1984

Mais um recorde negativo foi apresentado pelo Rio dos Sinos – Crédito: Divulgação

Após cinco meses sem grandes quantidades de chuva na região, o Rio dos Sinos atingiu nesta quinta-feira (23), novamente, o menor nível desde 1998 na captação da Comusa – Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo: 1,82m. A menor medição da história da autarquia atingida até então havia sido no mês passado, quando registrou 1,85m. O cenário de poucas chuvas e aumento do calor acende novamente o alerta para que a população reduza o possível o desperdício de água tratada nas próximas semanas. “Não queremos correr o risco de racionamento, como outras cidades da região já estão sofrendo. Para isso, é preciso conter o desperdício, evitar a perda desnecessária de água o máximo possível, até que o nível do rio volte à normalidade”, destaca o diretor-geral da Comusa, Márcio Lüders.

Enquanto, neste ano, o nível do rio teve mínima de 1,85m e máxima de 2,27m no mês de março, em 2019, no mesmo período, o menor nível registrado foi 2,40m, chegando a 5,40m no mesmo mês. Em 2018, a mínima registrada havia sido 2,24m, com máxima de 4,64m. De acordo com a Estação de Climatologia de Campo Bom, a seca deste ano é a maior desde 1984. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 2 =