Prédio do Corpo de Bombeiros de Novo Hamburgo é revitalizado

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Recursos para a obra somam mais de R$ 800 mil 

Os trabalhos da primeira parte da reforma devem ser concluídos e entregue até abril – Crédito: Stephany Sander/Correio do Povo

Quem passa em frente a sede do Corpo de Bombeiros de Novo Hamburgo já percebe, de longe, as melhorias que estão sendo feitas no prédio. Além das cores mais vibrantes do imóvel, agora em azul e vermelho, as obras de revitalização do prédio que abriga a Companhia Especial de Bombeiros, responsável ainda pelos municípios de Campo Bom, Estância Velha, Ivoti, e Dois Irmãos, está passando por reforma.

Segundo o comandante major Deoclides Silva da Rosa, desde junho do ano passado as melhorias são realizadas. “O segundo andar recebeu troca do piso, reforma de banheiros, melhorias no alojamento e uma nova sala administrativa”, explica ele, destacando também a reativação da torre. “Na década de 50 a torre era utilizada mas por questões de segurança estava inativa. É uma característica histórica do prédio que está sendo retomada e chama atenção de quem passa pela nossa sede”, complementa. 

Prazos 

Até o mês de abril, os trabalhos da primeira parte da reforma devem ser concluídos e entregues. Após isso, as melhorias serão iniciadas no primeiro andar, onde será feita também a troca do piso, reforma do banheiro e a instalação de rampas de acessibilidade. O layout do quartel, com uma nova disposição dos móveis, também será realizada para melhor aproveitamento do espaço.

Conforme Deoclides, os recursos, que somam mais de R$ 800 mill, nas duas etapas, são oriundos do Fundo Municipal de Reequipamento e Manutenção do Corpo de Bombeiros (Funrebom), a partir de taxas arrecadadas sobre documentos como PPCI’s. “Temos plena consciência que o ambiente é motivacional. Os bombeiros passam grande parte do tempo na sede, aguardando os chamados, e este espaço precisa ser de qualidade. O nosso prédio andava apagado, precisava de uma revitalizada”, salienta o major. Entre as ações que movimentam o quartel com a vinda de estudantes e jovens de várias idades está o projeto Bombeiro Mirim, que está temporariamente suspenso por conta da pandemia. “Esperamos retomar esta ação assim que possível e voltar a receber toda a população nas nossas novas instalações”, finaliza Deoclides.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 20 =