Portão – Justiça Eleitoral terá posto em Portão para coleta de biometria

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Estimativa é que Posto de alistamento seja aberto na cidade em até 30 dias

Em 23 de abril, uma comitiva com lideranças dos poderes e das entidades se reuniu com a presidência do TRE – Crédito: Divulgação.

Ofício da presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), desembargadora Marilene Bonzanini, ao presidente da Câmara de Vereadores, Diego Martins, confirmou na última sexta, 14, que a Justiça Eleitoral vai instalar temporariamente em Portão um posto de atendimento biométrico em parceria com órgãos municipais. “O posicionamento desta presidência é favorável ao pleito, desde que atendidas as condições elencadas pelo Juízo Eleitoral da 11ª Zona, de São Sebastião do Caí”, diz Marilene no documento.

Ainda não se sabe data nem local onde o eleitorado portonense poderá coletar a biometria. Por isso, o vereador José Volmar Wogt (PDT) deixa um apelo para que as pessoas com agendamento marcado no Caí não deixem de comparecer lá, pois ainda precisam ser cadastradas 18 mil pessoas, ou seja, a demanda será enorme no posto a ser aberto em Portão. “Enquanto comemoramos o resultado da mobilização da comitiva junto ao TRE, temos que lembrar que quem for ao Caí, com hora marcada, é atendido rapidamente”, salienta.

Segundo Diego Martins, a vinda do Cartório do Caí a Portão representa “uma vitória” da Câmara de Vereadores, assim como do Poder Executivo, da CICS e da CDL. “Temos nos notabilizado por lutar em nome dos interesses da nossa comunidade”, enfatiza. Em 23 de abril, uma comitiva com lideranças dos poderes e das entidades se reuniu com a presidência do TRE e explicou que a população local, em sua maioria, não aceitava ir até o município sede da 11ª Zona para a coleta das digitais.

Para a próxima semana está prevista uma reunião entre os órgãos municipais e técnicos judiciários para discutir as questões estruturais e de logística relacionadas ao posto. Os equipamentos de informática e os servidores virão do cartório, mas o transporte deles e o local para atendimento ao público serão disponibilizados pela Prefeitura, que buscará um espaço de fácil acesso, inclusive para idosos e pessoas com deficiência, conforme Wogt.

Estima-se que o posto de alistamento será aberto na cidade num período de 30 dias após este encontro da semana que vem, ou seja, ficará para a segunda quinzena de julho. Cinco guichês serão montados. O atendimento será das 13h às 18h, mediante agendamento. O prazo para o fim do cadastramento biométrico é 11 de dezembro de 2019. Eleitores que não estiverem regularizados até lá não poderão votar nas eleições municipais de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 2 =