Portão – Diego solicita recursos para Defesa Civil agir em caso de catástrofe

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Parlamentar solicita que 0,5% do orçamento municipal seja destinado ao setor

Diego (foto) apresentou demandas em Sessão Ordinária – Crédito: Marcelo Fiori/CMP.

Com o agravamento das mudanças climáticas e o consequente aumento de problemas na cidade, o Município de Portão precisa preparar-se melhor para o enfrentamento de catástrofes naturais, na visão do vereador Diego Martins (MDB). O parlamentar apresentou durante a Sessão Ordinária da última segunda-feira (04) a Indicação 68/2019, em que solicita que 0,5% do orçamento municipal seja destinado ao setor da Defesa Civil.

Além desta demanda, o emedebista protocolou a Moção 12/2019, cujo propósito é repudiar a retirada da exigência de consulta popular para a venda de estatais do Rio Grande do Sul — medida prevista na 280/2019, proposta pela Assembleia Legislativa. “A população tem o direito de decidir e ser consultada sobre estes temas. Ademais, empresas como Corsan, Procergs e Banrisul são essenciais para o desenvolvimento do nosso Estado. A eventual fragilização da posição pública das mesmas pode acarretar em importantes perdas econômicas e de execução de políticas públicas para o nosso município”, argumentou.

O parlamentar também formalizou ao Executivo um pedido para que o redutor de velocidade em frente à empresa MK Química, na estrada Boa Vista, seja elevado. “Como ele é muito baixo, muitos veículos não precisam diminuir a velocidade, o que torna o trânsito muito perigoso neste local. É um ponto de trata da entrada e saída da empresa, então pode haver um grave acidente neste local”, citou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − seis =