Portão – Adair comenta sobre suposta ligação com instauração de processo de impeachment do prefeito

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Presidente do Legislativo afirmou não possuir qualquer relação com o assunto

“Se um dia eu entrar na prefeitura será pelo voto”, disse Adair – Crédito: Marcelo Fiori/CMP.

Em seu primeiro pronunciamento após o fim do recesso parlamentar, o presidente da Câmara, Adair Rocha (MDB), manifestou-se acerca de nota veiculada na imprensa local ligando seu nome a movimentações nos bastidores políticos que objetivam instaurar processo de impeachment contra o atual prefeito. Ele deixou claro que não participa dessas negociações e que não tem o menor interesse em assumir a cadeira do Executivo desta forma.

“Se um dia eu entrar na prefeitura será pelo voto, pela porta da frente, mas não pela porta dos fundos. Se estão usando o meu nome para alguma coisa, saibam que é maracutaia, e isso eu não aceito.” O presidente também destacou que, caso seja formalizada alguma denúncia contra a gestão municipal, o Regimento Interno da Câmara será cumprido na forma da lei.

Durante o seu discurso, Adair também expressou que o atendimento do Hospital de Portão normalmente não tem reparos da porta para dentro, ou seja, o serviço prestado por médicos, enfermeiros, técnicos e demais membros das equipes é bom. A ressalva que se faz é a espera no plantão, que pode estender-se por horas se o caso não for de urgência ou emergência. “Fui presidente do hospital durante cinco anos e sei como as coisas funcionam lá”, garante o presidente do Legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *