PORTÃO – A vontade do povo é soberana, afirma Diego

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Emebedista foi derrotado no pleito de domingo 

Diego, vereador de Portão, foi candidato a prefeito – Crédito: Divulgação

Ao ocupar a Tribuna do Legislativo durante a sessão desta terça (17) Diego Martins (MDB) reconheceu os resultados das urnas e, principalmente, agradeceu pelos 7.890 votos que ele e a candidata a vice-prefeita, Maria Odete Rigon, receberam no último domingo, dia 15.

Aos 36 anos e com dois mandatos na Câmara, o candidato a prefeito ressaltou que a vitória do colega Kiko Hoff é legítima e que o seu projeto para Portão apenas foi adiado. “A campanha política terminou domingo. Agora, todos precisam se unir e se dedicar ao município. Que todos eleitos façam o melhor pela cidade, pois receberam um cheque em branco para quatro anos que, se mal descontado, quem paga é a comunidade”, alerta.

Eleição 

Quanto ao pleito municipal — exceto comentários e ataques de ordem pessoal que lhe dirigiram —, Diego avalia que foi propositivo, porque trouxe à tona uma ampla discussão de interesse comunitário. Ele fez votos para que a cidade cresça e que os debates legislativos dos últimos quatro anos, mais as questões que pautaram o pleito, conduzam Portão para um futuro melhor, melhorando as condições de vida do povo.

O vereador e candidato a prefeito pelo MDB garante que, mesmo fora de cargo eletivo, segue na defesa dos interesses da população. A partir de janeiro, segundo ele, começará “um novo trabalho em prol da cidade e mais outras coisas”. Aos que não se elegeram, Diego destacou que precisam seguir na luta, caso tenham um propósito em favor do bem comum e da coletividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + dez =