Novo Hamburgo – Sabão e solidariedade na luta contra o coronavírus

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Óleo de cozinha é matéria-prima para a fabricação de sabão 

Mais de 400 unidades de sabão já foram entregues – Crédito: PMNH

A melhor prevenção no combate ao coronavírus é a lavagem constante das mãos. E para isso, precisamos de sabão. Pensando neste simples ato, a UNIVALE, cooperativa contratada pela Prefeitura de Novo Hamburgo para o serviço de Coleta Seletiva, por meio do projeto Catavida, vem produzindo e distribuindo às comunidades do município sabões em barra feitos a partir do óleo de cozinha, recolhidos nos diversos pontos de coleta da cidade.

Além de reutilizar o óleo de fritura, a cooperativa também reaproveita baldes, para realizar a mistura dos produtos necessários, e também os potes de margarina, para moldar o sabão. Num primeiro momento, os sabões foram distribuídos entre os colaboradores da cooperativa e, posteriormente, às comunidades do município, nos bairros Liberdade, Santo Afonso e Canudos. Ao todo, cerca de 400 unidades de sabão já foram distribuídas.

“Lavar as mãos constantemente é essencial para evitar a contaminação pelo coronavírus. Este gesto de levar este sabão que produzimos às comunidades, de forma voluntária e gratuita, demonstra a solidariedade dos nossos cooperados com a população. Para isso, usamos o óleo de fritura doado pela comunidade e materiais que recebemos na coleta seletiva, que além de deixar de poluir o meio ambiente, transforma-se em algo útil para a sociedade”, comentou o presidente da UNIVALE, Alessandro Alves.

Iniciativa 

A gerente de Tratamento e Destinação Final de Resíduos, Cristiane Hermann, parabenizou a iniciativa da cooperativa. “Ações como essa renovam as nossas esperanças. Além de um olhar de solidariedade muito gratificante em tempos de pandemia, isso mostra um senso de fraternidade tão grande, que nos emociona demais e não cabe no coração”.

Além do desenvolvimento dos sabões, a UNIVALE também está providenciando máscaras de proteção para serem distribuídas aos que necessitam e não têm condições financeiras de adquirir. As máscaras são confeccionadas em TNT (tecido-não-tecido) e elástico, e estão sendo produzidas pelos cooperados da UNIVALE e por costureiras, parceiras neste projeto, e estão sendo gradativamente entregues às comunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =