NOVO HAMBURGO – Raizer Ferreira apresenta balanço dos primeiros 100 dias de mandato

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Presidente do Legislativo hamburguense completa primeira centena no dia 10  

Raizer Ferreira, vereador de Novo Hamburgo – Crédito: Divulgação

O presidente da Câmara Municipal de Novo Hamburgo, o vereador Raizer Ferreira (PSDB), celebra neste sábado, 10, a primeira centena de dias à frente do Legislativo. Para honrar seu compromisso de trabalho e transparência com a comunidade hamburguense, o vereador desenvolveu um balanço sobre as principais ações desenvolvidas no período, contando com 7 projetos de leis, 13 requerimentos e mais de 130 indicações e pedidos de providência para diversos bairros da cidade.

Após a cerimônia de posse dos novos vereadores de Novo Hamburgo, realizada no dia 1º de janeiro, Raizer foi eleito por unanimidade o primeiro presidente da 18ª Legislatura, sendo representante da Câmara logo em seu primeiro mandato. Foi quando o chefe do Legislativo reuniu os vereadores no Plenário para apresentar sua principal meta: a economia de R$3 milhões no orçamento anual da Casa. “A redução de gastos sempre esteve entre minhas maiores preocupações, tendo como principal objetivo devolver parte do orçamento em forma de serviços para a população. Essa meta possibilitou a ação conjunta do repasse recente de R$1 milhão ao Executivo, que irá utilizar o aporte financeiro no custeio do combate ao coronavírus”, esclarece o presidente. O primeiro dia do ano também serviu para que Raizer anunciasse uma das primeiras decisões da Mesa Diretora: a suspensão do feriado de Carnaval. 

Encontros 

Ainda em seu primeiro mês, Raizer promoveu reuniões com diversas figuras públicas importantes e representantes de entidades hamburguenses. Entre eles, a chefe de polícia delegada Nadine Anfloros, os deputados federais Lucas Redecker (PSDB) e Giovani Feltes (MDB), os líderes das entidades CDL-NH, ACI-NH/CB/EV e Sindilojas NH, as representantes da Delegacia da Mulher e da Procuradoria da Mulher (ambas de Novo Hamburgo), o Conselho de Pastores de Novo Hamburgo, entre outros. “As reuniões que aconteceram durante o período de recesso da Câmara foram essenciais para dar início às resoluções das principais causas que prometi estar engajado”, ressalta Raizer

Em fevereiro, seu gabinete deu início à construção de projetos de lei. Pensando no meio ambiente, Raizer lançou duas ideias: uma sobre a proibição do uso de plásticos descartáveis de uso único nos prédios da Administração Pública de Novo Hamburgo; a segunda prevendo a substituição gradual das sacolas plásticas convencionais pelas de material biodegradável na cidade. “Durante minha campanha eleitoral ressaltei diversas vezes que o meio ambiente estaria entre minhas principais pautas. Sei que mudanças sempre são sentidas em algum ponto, porém penso que meus projetos vão de encontro a propósitos maiores de sustentabilidade. São pequenos atos que farão muita diferença quando finalmente forem implementados”, afirma o vereador.

Projeto de Resolução  

Além dos projetos de lei, Raizer Ferreira também apresentou na época o Projeto de Resolução que inclui no Calendário Pró-Saúde da Câmara a campanha Março Azul, voltada para a conscientização sobre a Síndrome de Down. O trabalho se deu após receber em seu gabinete uma integrante da Associação dos Familiares e Amigos do Down Vinte e Um (Afad-21). Daiani Dias, mãe da pequena Luiza de 5 anos, pediu o apoio do Parlamento na promoção de ações de inclusão e de sensibilização da sociedade sobre a condição genética. “O projeto visa demonstrar que a síndrome é um dos modos de estar que confirmam a diversidade humana no mundo”, classifica o vereador.

Também em fevereiro, com a aprovação do registro definitivo do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o vereador deu entrada numa indicação para a criação de um fundo municipal especial de aquisição de vacinas. A proposta tem como objetivo garantir recursos para dar continuidade à imunização em Novo Hamburgo e foi referência para o Legislativo de outras cidades gaúchas, como Estância Velha e Torres. 

Ecopontos 

    Outra iniciativa deste período foi a indicação de criação de três novos ecopontos na cidade. “O principal objetivo das novas instalações é convocar a comunidade para compromisso social de uma cidade mais limpa, livre dos pontos de descarte irregular de resíduos que hoje assombram o município. Há, então, a necessidade de promover a aproximação entre o cidadão e o descarte consciente”, afirma o vereador. Na indicação, Raizer sugeriu que os novos espaços sejam inseridos na zona oeste (Bairro Boa Saúde), na zona norte (Bairro São José) e na zona leste (Bairro Canudos, nas proximidades da Vila Kipling).

Na primeira semana de março, seu gabinete apresentou um projeto de lei que institui o fornecimento de absorventes às estudantes de baixa renda das escolas municipais. “Muitas estudantes acabam faltando às aulas durante o período menstrual porque não têm condições financeiras para comprar o produto higiênico”, explica a assessora parlamentar do vereador, Aline Reis, que idealizou a construção da matéria. A justificativa da proposta contou com uma consultoria da pesquisadora e mestranda Caroline Willig, integrante do Grupo de Pesquisa Criança na Mídia, da Universidade Feevale. A acadêmica realizou uma pesquisa alusiva à temática em 2020 junto aos professores da EMEF Adolfina Diefenthäler (bairro São José). 

Transporte Público 

    Ainda durante o terceiro mês do ano, desenvolveu um projeto de lei sobre o transporte público. Desde 2014, os usuários de ônibus têm direito ao desembarque fora das paradas regulamentares das 22h às 6h. A proposta de Raizer prevê a ampliação do funcionamento da Parada Segura para o período das 20h às 8h. O vereador também ressalta o contexto da pandemia como fator determinante para o encaminhamento do projeto. “Vimos a importância da alteração do horário, pois as ruas se encontram mais desertas. Alguns pontos da cidade tornam-se mais perigosos no período da noite, pois carecem de boa iluminação e possuem terrenos baldios que podem representar ameaça”, sinaliza o autor.

    Segundo o parlamentar, os primeiros 100 dias de mandato têm sido motivo de comemoração. “Ver todas essas realizações em um curto período de tempo me deixa satisfeito, ao mesmo tempo que aumenta a responsabilidade de continuar entregando resultados”, explica Raizer. Ele também menciona que novos projetos já estão sendo pensados paralelo à observação das reais necessidades do município. “Minhas redes sociais tem servido principalmente para aproximar a população do meu gabinete. A interatividade tem me permitido otimizar o entendimento do que realmente carece de atenção.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *