Novo Hamburgo passa pela maior chuva dos últimos anos sem desabrigados

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Previsão de chuva deixou de ser um drama a centenas de moradores da cidade 

Ações da Prefeitura visam a combate de situações de risco em caso de fortes chuvas – Crédito: Lu Freitas/PMNH

Só quem já teve a casa invadida por alagamentos sabe a angústia que é ouvir a previsão de uma chuva mais intensa como a que vimos nos últimos dias. Porém, a boa notícia é que muitas famílias de Novo Hamburgo que antes passavam horas em vigília levantando móveis, construindo muros de contenção e fazendo limpeza para tirar a água de dentro de suas casas, dessa vez trocaram o medo da chuva pelo alívio de ver que os investimentos em prevenção feitos pela Prefeitura deram bons resultados.

Desde o início da gestão Fátima Daudt, em 2017, obras de macrodrenagem, desassoreamento, encanamentos, limpezas e campanhas de conscientização foram realizadas para minimizar o drama de famílias que há anos sofriam com as cheias causadas pela chuva.

Locais como a Vila Getúlio Vargas, Marrocos, bairros Industrial, Integração, Canudos, Santo Afonso, Rincão, entre outros que antes alagavam com frequência, dessa vez suportaram o volume de 120 milímetros de chuva em apenas 24 horas registrado na semana passada. “Foi um volume muito intenso. Fizemos uma vistoria nos pontos mais críticos da cidade e percebemos que nenhum deles apresentou problemas. Estamos muito satisfeitos com o retorno que a comunidade está nos dando. Eram obras esperadas há 20, 30, 40 anos. E conseguimos atender as expectativas desses moradores”, comemora o secretário de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários, Paulo Vargas.

Trabalhos não param

Os trabalhos de desassoreamento, limpeza e drenagem ajudaram também a evitar um problema que causava transtornos em praticamente toda a cidade: o transbordamento do valão. “Em alguns pontos, como na Nações Unidas, próximo à Rua 24 de Maio, por exemplo, os lojistas sofriam com as cheias. Nesta última chuva intensa não registramos nenhum problema com o valão graças à obra de macrodrenagem das ruas China e 24 de maio, além do desassoreamento”, conta Vargas.

Os trabalhos tiveram impacto inclusive na inundação do Rio dos Sinos verificada como consequência da chuvarada. O nível do rio chegou a bater os 6,79m, alagou várias ruas, provocando diversos transtornos, mas felizmente não desabrigou nenhuma família.

Os resultados positivos são em função de um trabalho intenso e frequente da Prefeitura de Novo Hamburgo. Equipes das Secretaria de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários (Semopsu) estão diariamente envolvidas em limpezas, drenagem, desassoreamento e, especialmente, troca de encanamentos. Somente em 2017, foram feitas troca de canos em ruas dos bairros Roselândia, Centro, Canudos, Jardim Mauá, Industrial, Lomba Grande, entre muitas outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 2 =