Novo Hamburgo impõe novas restrições contra aglomeração de pessoas

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Documento estabelece iniciativas visando ao combate da Covid-19  

Cidade terá novas regras – Crédito: Divulgação

A Prefeitura de Novo Hamburgo publicou nesta quarta-feira (10) novo decreto em relação ao coronavírus na cidade. O documento normatiza ainda mais a ação da Central de Fiscalização, especialmente criada para o combate à pandemia, estabelecendo penalidades a estabelecimentos e instituições que desrespeitarem decretos de restrições em vigor, que podem resultar inclusive na cassação do alvará. 

Outra medida, que é emblemática pelo que representa, é a retirada das mesas e cadeiras das históricas Bancas que funcionam junto à Praça do Imigrante, no Centro. “Todos sabem o carinho que tenho pelas Bancas, mas não é possível continuar assim. Apesar de insistirmos com o distanciamento social, temos observado um aumento muito grande de pessoas por toda a cidade sem aparente necessidade. Este gesto, além de necessário, vem carregado de significado, pois todos sabem o esforço que fizemos para a revitalização deste espaço que conta a história da cidade”, explica a prefeita Fátima Daudt

Central de Fiscalização 

A Central de Fiscalização segue atuando contra aglomerações, incluindo praças e seus espaços como pistas de skate e canchas de basquete e futebol. A prefeita lembra que é justamente o distanciamento social a medida mais eficaz na contenção do vírus. “Todos os nossos decretos insistiram nesta determinação, pois sabíamos que a chegada do inverno poderia agravar a situação e nosso propósito sempre foi achatar a curva de contágio”, destaca. Fátima ressalva, porém, que as medidas de distanciamento em Novo Hamburgo tiveram que ser adequadas ao sistema de bandeiras adotado pelo Estado, que regulou e permitiu a retomada de várias atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − catorze =