Novo Hamburgo – Central de Fiscalização realiza blitze no município

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Estabelecimentos que desrespeitam decreto hamburguense foram notificados  

Guarda Municipal segue realizando intervenções – Crédito: PMNH

A Central de Fiscalização da Prefeitura de Novo Hamburgo realizou blitze na noite do último dia 27 de junho com apoio da Guarda Municipal. Entre os dias 26 e 27, foram 12 notificações em 56 estabelecimentos vistoriados, entre comércio, bares, academias e ginásios.

No sábado, a partir de denúncias recebidas anteriormente, as abordagens ocorreram em bares dos bairros Roselândia, Canudos, São Jorge e Vila Rosa. As ações visam a dispersar aglomerações e flagrar bares funcionando em desacordo com o decreto de restrições em vigor em Novo Hamburgo. As denúncias podem ser feitas pelo Whatsapp (51) 99880-1095.

“Foi um fim de semana de intenso trabalho. Além das noites de sexta-feira e sábado, aproveitamos a manhã de sábado para vistoriar o comércio e academias”, explica o coordenador da Central de Fiscalização especialmente criada para atuar na pandemia e secretário municipal de Meio Ambiente, Udo Sarlet

No sábado, foram abordados estabelecimentos de vias como Pedro Adams, Bento Gonçalves, Lima e Silva, Joaquim Nabuco, Maurício Cardoso, Três de Outubro, Nações Unidas, Guilherme Grovermann, Guia Lopes, Ícaro.

Sarlet destaca a parceria da Guarda Municipal. “A presença de guardas torna toda a ação mais fácil. É importante destacar que não houve confrontos ou discussões. Pelo contrário, os proprietários foram muito colaborativos”, acrescenta o coordenador da Central de Fiscalização.

Distanciamento controlado 

Novo Hamburgo segue o modelo de distanciamento controlado do Governo do Estado. Atualmente, a região em que a cidade está inserida está em bandeira vermelha. Já o decreto municipal 9283/2020 manteve a declaração de estado de calamidade pública no município e determinou que aqueles estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços autorizados a funcionar pelo modelo de distanciamento controlado do Estado permaneçam fechados entre as 21 horas e às 6 horas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − sete =