Ministério da Justiça diz que Sergio Moro não confirma pedido de demissão

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Após especulações, Ministério publicou nota confirmando a permanência de Moro

Sergio Moro permanece liderando a pasta da Justiça – Crédito: Agência Planalto

Após um suposto embate motivado pela troca de comando na Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (23) entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Justiça e Segurança pública, Sergio Moro, a assessoria de imprensa do gabinete do ex-juiz federal afirmou, em nota, que ele não confirma o pedido de demissão da pasta.

Mais cedo, chegou-se a falar que o ministro poderia sair do cargo se Bolsonaro retirasse Maurício Valeixo do comando da PF. “O ministro não confirma o pedido de demissão”, diz a nota divulgada pela assessoria. Questionada pela imprensa se Moro nega que teria pedido para ser exonerado do cargo, a pasta não respondeu.

Em coletiva de imprensa realizada pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira, o Chefe da Casa Civil, General Braga Netto, foi questionado sobre a situação do ministro da Justiça. “A assessoria dele desmentiu isso”, afirmou o militar.

Embate 

A permanência de Maurício Valeixo no comando da PF é um assunto caro ao ministro Sergio Moro, e essa não é a primeira vez que o presidente Jair Bolsonaro cogita substituí-lo. Em agosto de 2019, também houve rusgas entre o chefe do Executivo e o ex-juiz sobre o mesmo tema. O delegado foi convidado por Moro para assumir o cargo em 2018, quando ocorreu a transição entre o atual governo e a gestão de Michel Temer (MDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =