Lindolfo Collor garante R$ 3 milhões para recuperação de ruas

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Prefeito Wiliam Winck assumiu o enorme desafio de realizar importantes obras de infraestrutura, que dependem agora da aprovação do Legislativo

Crédito: Divulgação.

A recuperação de diversas ruas de Lindolfo Collor está a um passo de virar realidade. O prefeito Wiliam Winck  garantiu R$ 3 milhões, junto à Caixa Econômica Federal, para pavimentação e calçamento. Entre as ruas contempladas no pacote de melhorias estão as  Rodolfo Behne, Otto Hermann, Sertão Capivara 340, Wiliam Gehm, Estrada Geral 14 Colônias e rotatória da avenida Capivara com a Otto Hermann. “A entrega destas obras  de infraestrutura significa mais qualidade de vida para a população, economia aos cofres municipais devido à maior durabilidade do asfalto, além de ser ponto positivo para atração de novas empresas”, diz o prefeito, acrescentando que “precisamos do apoio de todos os moradores, pois a liberação dos recursos depende da aprovação da Câmara de Vereadores”.
De acordo com Wiliam, outras ruas também estão em estudo. “A pavimentação é fundamental, pois em muitos casos as operações tapa-buraco deixaram de ser solução, sendo necessária uma manutenção por completo”, argumenta.  Como muitas das vias são estradas de chão, a substituição pelo asfalto trará outros benefício à comunidade, como a redução de poeira no verão e o barro provocado pela chuva, que é constante no inverno. Além disso, não haverá mais necessidade de realizar serviços de ensaibramento e patrolamento nestas ruas.
Embora dependa do aval do Legislativo para a contratação do crédito, a boa notícia de que a Prefeitura já está habilitada à liberação dos recursos foi dada por Fábiola Costa da Silveira, supervisora do REGOV/Caixa Federal de Novo Hamburgo, e Roberto Boldan, gerente da Caixa Econômica Federal de Ivoti em reunião com o prefeito e a secretária de Administração e Planejamento, Nicole Pozzebon Lacerda, em 2 de maio. O financiamento terá carência de 24 meses e amortização de 120 meses. Segundo Wiliam, a meta é dar início aos trabalhos em junho.
Para o prefeito, diante da situação financeira dos Municípios, é compromisso buscar a liberação de recursos para a entrega de serviços à comunidade.  “Não podemos ficar parados e só reclamando que não há dinheiro. É meu papel, como gestor, me empenhar para encontrar alternativas visando o pleno desenvolvimento do nosso Município. E dar celeridade às obras de recuperação das vias está entre as muitas prioridades do nosso planejamento urbano”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 13 =