Instalada Frente Parlamentar em Defesa da Democratização da Comunicação Comunitária No RS

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Frente foi proposta pelo deputado Capitão Macedo – Professor e apoiada pelo deputado Issur Koch 

RS conta com TVs ou rádios comunitárias em mais de 400 dos 496 municípios – Crédito: Divulgação.

Foi instalada na manhã desta quarta-feira (12) a Frente Parlamentar em Defesa da Democratização da Comunicação e das Rádios e TVs Comunitárias e Mídias Sociais no RS. Existem TVs ou rádios comunitárias em mais de 400 dos 496 municípios do RS. A Frente foi proposta pelo deputado Capitão Macedo – Professor (PSL), apoiada pelo deputado Issur Koch (PP) e assinada sua criação por dezenas de deputados gaúchos.

O presidente da Frente, Capitão Macedo, iniciou sua fala citando dois artigos da Constituição Federal que defendem e amparam a liberdade de expressão na comunicação (artigo 5, inciso 9) e informação jornalística (artigo 220). O parlamentar lembrou que desde a promulgação da Constituição em 1988 movimentos comunitários lutam pela representação e visibilidade das populações excluídas do país, e para viabilizar essa representação em rádios comunitárias e mais recentemente, mídias sociais e TVs comunitárias. “Essa representação é uma ação democrática, que permite a divulgação de práticas culturais múltiplas e evidencia a diversidade social do país”, frisou. Ele elogiou a atuação da Federação dos Radiodifusores Comunitários e das Emissoras de Rádio e Televisão Comunitárias (Federacom Radiodifusores), que desde 2004 desenvolve ações em prol da comunicação comunitária.

Segundo o presidente da Agccom – Associação Gaúcha de Canais Comunitários e TVs Digitais -, Rodrigo Steffen, a instalação da Frente é um dia histórico. “São as TVs e rádios comunitárias que dia-a-dia dão voz, luz e vez ao que acontece em cada uma das nossas cidades. As cidades muitas vezes ganham espaço em mídias regionais por motivos negativos. Nos nossos canais elas estão em foco diariamente, quando discutimos problemas, caminhos e, sobretudo, soluções para o futuro, construindo juntos o amanhã. Nossos maiores desafios são hoje a conquista do canal aberto de TV e a qualificação técnica das nossas operações aperfeiçoando ainda mais nosso padrão de qualidade ajudando nosso estado e nosso país a se desenvolver, gerando empregos e renda e uma vida melhor para todos”, destacou.

A cerimônia contou com a presença do deputado Eric Lins (DEM), do presidente da Federacom, Lauro Pacheco, do presidente da Associação Gaúcha dos Canais Comunitários, Rodrigo Steffen, e de representantes da Secretaria Estadual de Comunicação, Ajuris – Associação dos Juízes do RSOAB RSSistema Ocergs-Sescoop/RS e dezenas de comunicadores de rádios, TVs e mídias sociais comunitárias de todo o estado.

Estiveram representas as TVs comunitárias que abrangem as cidades de Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Campo Bom, Sapiranga, Estância Velha, Capão da Canoa, Xangri-lá, Torres, Imbé, Guaíba, Pelotas, Bagé, Montenegro, Farroupilha, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Lagoa Vermelha, Rio Pardo, Pantano Grande, Butia, Minas do Leão, Santa Cruz do Sul, Ijuí e Santa Maria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 10 =