IBTeC doa cestas básicas a instituições de Novo Hamburgo

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Instituto ainda faz campanha de doação de sangue e produz 10 mil máscaras  

O presidente executivo do IBTeC, Paulo Griebeler, e o vice-presidente executivo, Valdir Soldi, com as cestas básicas compradas e alimentos arrecadados e doados pelos colaboradores – Crédito: Raquel Guimarães/IBTEC

O Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos – IBTeC – está com várias ações de apoio à comunidade neste momento de pandemia.

A instituição adquiriu 50 cestas básicas que estão sendo somadas às doações de alimentos não perecíveis obtidas em suas atividades abertas ao público, como o Happy Hour com Tecnologia, que acontece uma vez por mês, e às doações dos colaboradores. 

Os próprios funcionários definiram seis instituições para serem beneficiadas com as cestas básicas – são algumas das entidades que o Instituto já beneficia com várias iniciativas. As doações estão sendo entregues esta semana à Horta Comunitária Joanna de Ângelis, Lar São Vicente de Paula, Lar Colmeia, Projeto Catavida, ASA – Ação Social Aliança e Banco de Alimentos – Região do Calçado.

O presidente executivo do IBTeC, Paulo Griebeler, afirma que este é um momento essencial. “Estamos sensibilizando os nossos funcionários para unirmos forças e demonstrarmos toda a nossa solidariedade às pessoas que passam por momentos difíceis e muito desafiadores”, disse. 

Doações e proteção  

Além das cestas básicas já entregues, o IBTeC está com a sua sede disponível para receber doações de alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza para encaminhar a instituições de apoio à comunidade.

Ao mesmo o Instituto está atuando na busca de proteção a trabalhadores. Para isto, uniu-se à Calçados Conforto, tradicional fabricante de calçados de segurança com sede em Estância Velha, e estão produzindo 10.000 máscaras, que serão doadas para a Prefeitura de Novo Hamburgo e para instituições que atendam pessoas em vulnerabilidade social.

Ainda com o objetivo de contribuir neste momento, a instituição está fazendo um trabalho de sensibilização junto aos seus cerca de 100 colaboradores, para que façam doação de sangue ao Hemocentro de Novo Hamburgo. Com a pandemia e as regras de isolamento social, bancos de sangue de todo o país estão com dificuldades de manter o estoque em dia. Por isto, a instituição escolheu este setor para incentivar seus colaboradores a participarem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + dezoito =