Diretor do Whatsapp afirma que combater fake news é uma tarefa da plataforma

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Whatsapp anunciou parceria com o TSE para auxiliar combate nas eleições 2020 

Dario Durigan, do WhatsApp – Crédito: Divulgação

O diretor de Políticas Públicas para o WhatsApp no Facebook Brasil, Dario Durigan, afirmou, no último dia 22 de outubro, que o combate à desinformação é uma tarefa de todos, incluindo a plataforma de mensagens. “Combater fake news e desinformação é uma tarefa de todos, e do WhatsApp também. O WhatsApp tem feito aprimoramentos na plataforma, principalmente nos últimos dois anos, que trouxeram resultados importantes”, pontuou ele. 

De acordo com Durigan, a parceria entre o WhatsApp e o TSE é “sem precedentes no mundo”. A iniciativa faz parte do Programa de Enfrentamento à Desinformação, comandado pelo tribunal, e irá agir em duas frentes.  

“A primeira é trabalhar com o TSE para que se constitua uma conta oficial do tribunal, por meio de um chatbot, em que possa levar serviços e informações eleitorais”, explicou o diretor do WhatsApp, acrescentando que será “um canal do TSE acessível a todos os brasileiros”. “Numa segunda frente, também de extrema importância, o WhatsApp propõe uma plataforma de denúncia para que todos os eleitores e a Justiça Eleitoral façam denúncias de contas que estão operando ou são suspeitas de disparo em massa”, descreveu ele.

Procedimento 

A partir das denúncias coletadas pelo TSE, o WhatsApp irá verificar as alegações e derrubar contas que fizeram o disparo em massa. No WhatsApp, o acordo de cooperação apresenta uma medida para uma parceria com um tribunal eleitoral ou órgão responsável pelas eleições no mundo: a criação de um chatbot para ajudar na circulação de dados oficiais do TSE sobre o processo eleitoral e a votação.

Para ter acesso ao chatbot, basta adicionar o número +55 61 9637-1078 na lista de contatos. Ainda é possível acessar o serviço por meio do link wa.me/556196371078 para iniciar uma conversa com o canal interativo, que disponibiliza as principais informações das eleições.

O WhatsApp permitirá que o TSE envie mensagens sobre cuidados sanitários e para rebater informações falsas durante a campanha para eleitores que se cadastrarem em todas as ferramentas do tribunal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 5 =