Como ter uma ceia de Natal boa, bonita e barata

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

 

Pesquisa do CDLRio indica que consumidor gastará, em média, R$ 300 na ceia de Natal. Veja como reduzir o valor sem fazer feio.

Emília já garantiu o pernil. Comprou bem antes da semana do Natal. Crédito: Marcio Merecante.

A ceia de Natal pode até ser mais modesta para os cariocas este ano, já que 52% dos entrevistados em uma pesquisa do Clube de Diretores Lojistas (CDLRio) e do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) disseram que a mesa será menos farta. Só 4% cogitam gastar mais do que em 2017. Mas a comilança não precisa ser menos saborosa. Com planejamento, pesquisa e boas estratégias para substituir e reaproveitar alimentos, é possível confraternizar e se deliciar com quitutes de dar água na boca (e por que não sofisticados?) gastando até R$ 100.

A empresária do ramo de alimentação Cris Goulart listou o que dá para preparar com até R$ 100 ou R$ 200. Ainda sobra dinheiro para bebidas e decoração, já que a expectativa de 75% dos cariocas é gastar até R$ 300. Alguns truques na escolha dos alimentos fazem diferença, como substituir os mais caros por alternativos.

Cris ensina que peixes brancos como filé de viola, linguado e tilápia podem entrar no lugar do bacalhau. “O filé de viola sai a R$ 29,90 o quilo e o bacalhau custa R$ 70. Fica com uma cara tão boa quanto”. E dá outra dica: “O bolinho não precisa ser feito com a peça. Pode comprar lasquinha de bacalhau, em torno de R$ 40”. Valorizar os produtos brasileiros também gera economia e requinte. O flocão de milho, que varia de R$ 2 a R$ 3 por quilo, pode fazer a vez do cuscuz marroquino, que chega a custar R$ 30.

A nutricionista Erika Schattka, do SuperPrix, sugere que aves natalinas como o chester e os frangões, e até mesmo o lombo suíno e o pernil, são opções nutritivas e mais econômicas que o peru. Apostar em frutas nacionais e da época, como abacaxi, melão e melancia, é outra forma de poupar, além das frutas secas a granel e as nozes com casca. “Uma ceia barata não é sinônimo de uma ceia pobre. Com um pouco de criatividade é possível fazer uma ceia muito gostosa”, garante.

Cris Goulart ensina que peixes brancos como filé de viola, linguado e tilápia podem substituir o bacalhau. Garante que fica muito saboroso. Crédito: Fernanda Dias.

Antecipar para poupar

A dona de casa Emília Rodrigues, 63 anos, não abre mão do pernil e já garantiu o dela. “Compro tudo bem antes. É mais barato e em cima da hora você não acha o que quer”, conta. “Quem deixar para os últimos dias pode ficar sem produtos, porque as compras do varejo não foram grandes em função das baixas vendas no ano. Sem contar a muvuca entre os dias 22 e 24 e de 29 a 31”, diz Genival Beserra, presidente da Rede Unno.

O casal Guilherme Torres, 43 anos, e Therezinha Torres, 42, da Tijuca, que pretende investir até R$ 200 na ceia, já está achando tudo mais caro. “A vida é corrida, por isso a gente acaba deixando para os últimos dias”, diz ela. Os panetones são exceção. Como Guilherme e a filha, Carolina, de 7, são apaixonados pelo doce, compraram uns cinco. A pesquisa do CDLRio e SCPC ouviu 500 consumidores em outubro e novembro. Desemprego e queda de renda familiar foram os problemas mais apontados.

Pesquisa de preços ajuda a economizar

Especialistas orientam levar uma lista para as compras e pesquisar preços. O aplicativo Pinngo, disponível para IOS e Android, é um aliado para quem tem pouco tempo. Ele compara valores de produtos em todas as redes de supermercados e informa as melhores alternativas. O banco de dados é alimentado pelos próprios usuários (confira alguns itens na lista ao lado).

Produtos de marcas menos conhecidas ou feitos “pela casa” tendem a ser mais baratos. Reaproveitar alimentos também está em alta: economiza e evita desperdício. A nutricionista e naturopata Thayana Albuquerque indicou três receitas na linha do reaproveitamento, que podem ser lidas no DIA Online: bolinhos de talos, folhas ou cascas de entrada, farofa de casca de melão para acompanhar o peru e bolo de casca de banana de sobremesa.

Três receitas econômicas para o Natal – Thayana Albuquerque, nutricionista e naturopata

Bolinhos de talos, folhas ou cascas de entrada

Ingredientes: 1 xícara (chá) de talos, folhas ou cascas bem lavadas e picadas; 2 ovos; 5 colheres (sopa) de farinha de trigo; 1 cebola picada; 2 colheres (sopa) de água; sal a gosto; óleo para fritar.

Bata bem os ovos e misture o restante dos ingredientes. Frite os bolinhos em óleo quente. Escorra em papel absorvente. Prepare com talos de acelga, couve, agrião, brócolis, couve-flor, folhas de cenoura, beterraba, nabo, rabanete e cascas de chuchu. Recomendação: no caso de talos de couve, couve-flor e brócolis faça uma pré-fervura antes do preparo.

Farofa de casca de melão para acompanhar o Peru de Natal

Ingredientes: 1 xícara (chá) casca de melão picada; água; 2 colheres (sopa) óleo; 2 colheres (sopa) cebola picada; 2 dentes alho picado; 1 xícara (chá) talos de agrião picados; 1 xícara (chá) suco de casca de abacaxi; sal a gosto; 1 xícara (chá) tomate picado; 2 xícaras (chá) de farinha de mandioca.

Afervente a casca de melão até ficar macia. Escorra e reserve. À parte, aqueça o óleo, doure a cebola e o alho. Acrescente os talos de agrião, a casca de melão e refogue. Junte o suco e o sal. Deixe levantar fervura. Por último, acrescente o tomate picado e a farinha d mandioca. Mexa bem e sirva quente ou frio com o Peru de Natal.

Bolo de Casca de Banana de sobremesa

Ingredientes da massa: 4 unidades de casca de banana, 2 unidades ovo, 2 xícaras (chá) de leite, 1 colher (sopa) de margarina, 2 xícaras (chá) de açúcar, 3 xícaras (chá) de farinha de rosca, 1 colher (sopa) de fermento em pó

Ingredientes da cobertura: ½ xícara (chá) de açúcar, 1 xícara (chá) de água, 4 unidades de banana, ½ unidade de limão

Lave as bananas e descasque. Separe as cascas para fazer a massa. Bata as claras em neve e reserve na geladeira. Bata no liquidificador as gemas, o leite, a margarina, o açúcar e as cascas de banana. Despeje essa mistura em uma vasilha e acrescente a farinha de rosca. Mexa bem. Por último, misture delicadamente às claras em neve e o fermento. Despeje em uma assadeira untada com margarina e enfarinhada. Leve ao forno médio preaquecido por aproximadamente 40 minutos.

Para a cobertura, queime o açúcar em uma panela e junte a água, fazendo um caramelo. Acrescente as bananas cortadas em rodelas e o suco de limão. Cozinhe. Cubra o bolo ainda quente. Opcional: Pode decorar com algumas uvas passas para o natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 8 =