Comissão de Acompanhamento da RS010 se reúne com Executivo de Campo Bom

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Encontro teve como fator preponderante alinhar propostas de traçado 

Na tarde desta quarta-feira, 21 de julho, os vereadores integrantes da Comissão Especial de Acompanhamento do Traçado da RS-010 se reuniram com o prefeito e o vice-prefeito, Luciano Orsi e Paulo Gomes, respectivamente. No encontro, o presidente da comissão, Jerri Moraes (MDB), e os membros da comissão, Jair Wingert (PP) e Victor Souza (PCdoB), argumentaram com o chefe do Executivo a importância de verificar todos os detalhes da proposta apresentada pelo Governo do Estado e que prevê passagem da rodovia nos limites do município.

“Não sabemos quando essa rodovia vai ser construída, mas uma preocupação nossa é que seja mantido o previsto nos ensaios iniciais da rodovia tendo seu final no território de Campo Bom” destacou Jerri. Conforme Orsi, três propostas foram apresentadas nas reuniões já realizadas. “Estamos analisando todas e já sugerimos algumas alterações, até em virtude das questões ambientais, mas todos os traçados preveem o Tanto no ponto de vista ambiental, como no ponto de vista da mobilidade e do desenvolvimento, a rodovia pode garantir muito benefícios para a cidade”, pontuou Victor no encontro. “A RS-010 também garante um alívio para o trecho da Avenida dos Municípios”, completou Wingert.

O Secretário Municipal de Meio Ambiente, João Flávio da Rosa, também participou do encontro para detalhar aos parlamentares as mudanças solicitadas no traçado apresentado pelo Governo do Estado.

Saiba mais 

A proposta da ERS-010 prevê a construção da rodovia entre o entroncamento da BRS-290, em Porto Alegre, e a ERS-239, na divisa de Campo Bom com Sapiranga, totalizando 41,75 quilômetros. O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para a implantação e pavimentação da ERS-010 foi contratado pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) ainda em 2020 e, em maio, foi apresentado o resultado do estudo ao Governo do Estado, o qual está recebendo propostas de alteração.

O traçado da rodovia é visto como alternativa para desvio do tráfego da BR-116, contornando a região metropolitana de Porto Alegre e formando um anel viário em conjunto a outras rodovias, como a BR-448. Envolve indiretamente cerca de 90 municípios e diretamente, 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *