COLUNA – Lições que ensinam

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Salmos capitulo 32: verso 9: “Não sejam como o cavalo ou o burro, que não têm entendimento mas precisam ser controlados com freios e rédeas, caso contrário não obedecem”.

O pecado é paradoxal. Destrói e ensina.
Abrem feridas que são capazes de matar e, no entanto, deixam marcas que ficam como agentes de instrução.
Davi sabia muito bem como pecado pode destruir ensinar.
No Salmo 51, que é uma oração de arrependimento, o salmista promete a Deus:
“Ensinarei aos transgressores os Teus caminhos, e os pecadores se converterão a Ti”
Salmo 51: 13
Davi está disposto a ensinar com sua trágica e dolorosa experiência.
No Salmo de hoje, ele cumpre a sua promessa.
É um Salmo de instrução.
O primeiro de 12 Salmos desse tipo.
A preocupação do Salmista aqui é que você e eu aprendamos a maior lição que alguém pode aprender:
O pecado destrói o que toca; portanto, fuja dele.
Davi sabia o que falava.
Tinha passado noites inteiras sem dormir, atormentado pelo peso da culpa e dias de angústia e desespero, castigado pela própria consciência.
“Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo dia. Porque tua mão pesava dia e noite sobre mim,” afirma ele nos versos 3 e 4.
Ele aprendera a lição, a duras penas, com dor e lágrimas.
E depois de ter passado por essa experiência trágica, aconselha.
“Não sejais como cavalo ou a mula, sem entendimento”.
Qual é a diferença entre o animal e o ser humano?  A liberdade.
O homem pode escolher e decidir.
O animal é apenas um escravo dos seus instintos.
Mas até os animais rejeitam as vezes coisas que os prejudicam.
Já o ser humano, sendo livre, insiste em andar por sendas que o levarão para destruição.
Cavalo e mula.
Duas figuras interessantes.
O cavalo tem a tendência natural de correr para longe.
A mula empaca.
Figuras da natureza que Davi usa para instruir.

Hoje é um dia de decisões para você, para a sua vida.
Decisões para vida ou para morte, e você é livre para sofrer, para errar, chorar, ou para viver feliz ao lado das pessoas que ama.
Vá com Deus pelos caminhos desta vida.
Saia com a lição que o salmista ensina.
Eu quero tomar o conselho para mim, hoje; “Não sejais como cavalo ou a mula, sem entendimento, os quais com freios e cabrestos são dominados; de outra sorte não te obedece”.

Pense sobre isso no dia de hoje e orem comigo agora:
Obrigado, Pai, porque mesmo diante do sofrimento, da dor, da tentação, eu não estou sozinho.
Eu posso escolher – e escolher a melhor parte: ficar ao Teu lado.
Por favor, me ajude sempre.
Em nome de Jesus, amém!

24 thoughts on “COLUNA – Lições que ensinam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *