COLUNA – Jesus e a origem e história da Bíblia

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Jesus ensinou que a Bíblia é a Palavra inspirada de Deus no sentido de que o que ela declara é sinônimo do que Deus diz. 

A origem da Bíblia se encontra em Deus e, portanto, ela contém a autoridade suprema para todos os aspectos da vida.

Deus trabalhou ao longo da História para revelar Sua vontade à humanidade por meio das escrituras.

O termo escritura, ou escrituras aparece várias vezes saindo da boca de Jesus para se referir aos livros comumente conhecidos hoje como o Antigo Testamento. 

No tempo de Cristo o povo de Israel seguiam a Lei e os Profetas que é o Antigo Testamento.  

Segundo os evangelhos, Jesus acolhia, lia, buscava com frequência nas sinagogas a palavra de Deus, para que? 

Para adorar a Deus. 

E lá na sinagoga se lia e se comentava sobre os textos bíblicos das escrituras e delas Jesus extraia numerosos exemplos e ensinamentos para sua pregação e para a discussão com os escribas e os fariseus. 

Ele mencionou a Abel, a Noé, Abraão, Moisés, Jacó, Davi, Salomão, Elias, Eliseu, Isaías, Jonas, Malaquias e entre outros. 

Todos estes personagens foram mencionados por Jesus.

De tudo isso, concluímos que se Jesus sendo o próprio Deus, se fez carne, sendo um com o seu Pai e com o Espírito Santo tendo toda a autoridade necessária para falar por si mesmo. Sem está a autoridade, o que estava escrito que era a palavra de Deus, Ele poderia ter sido eleito, e ainda assim ele reconheceu a autoridade bíblica e usou a bíblia como fonte de seus ensinamentos.

Quanto mais nós devemos seguir o seu exemplo de Jesus. Em Lucas 4 por exemplo Jesus em um sábado se dirige a sinagoga na cidade de Cafarnaum, lhe deram as escrituras, e Ele abre a Bíblia em Isaías e lê um texto de Isaías e explica este texto. 

Jesus era um pregador bíblico

E por isso os pregadores de hoje, o primeiro que temos que fazer quando chegamos no púlpito para pregar é abrir as sagradas escrituras e pregar a mensagem de Deus, falar do amor de Deus e o que Ele fez para nos salvar. 

A pregação do evangelho continua sendo o meio mais eficaz de proclamar e anunciar as boas novas do evangelho e salvação. O pregador é o embaixador dos céus na terra. pois trata do interesse de Deus com os homens e com Deus, dos interesses dos homens. 

As pessoas não vão a igreja para ouvir a opinião do ser humano, as pessoas querem respostas divinas, querem soluções divinas, e nós assim como Jesus, temos que usar a palavra de Deus para levar paz, solução, para as pessoas  abrir os seus olhos, falar sobre a esperança, a força que Deus quer nos dar para vencer as tentações e tudo isso vem da palavra de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + quinze =