CDL NH faz ação de Páscoa junto ao comércio

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook
Diretora de marketing da CDL NH, Eunice Kasper. Crédito: Aline Schneider.

Para incentivar o consumo e atrair a atenção dos clientes, a CDL NH iniciou nesta segunda-feira, 15/04, uma ação de páscoa no comércio, com a presença do coelhinho, entregando chocolates, balas, orelhas de coelho e pintando o rosto das crianças. A pequena Valentina, de 3 anos, deu um grito de alegria ao ver o coelho enquanto brincava na pracinha da rua Joaquim Nabuco, no centro. A mãe dela, Renata Daiane, conta que a família é de Curitiba e está passando uns dias na cidade para conhecer e ver se gosta daqui para então fazer a mudança. “Depois dessa surpresa, com certeza contará para que a gente venha mudar para cá, achei muito legal!”, confessa ela animada com a surpresa. Até mesmo os adultos e comerciantes fizeram festa ao ver o coelhinho da CDL NH andando pelo centro da cidade. “Os lojistas gostam dessa movimentação e nos pedem esse tipo de ação também”, destaca a diretora de marketing da CDL NH, Eunice Kasper.

Expectativa de crescimento no comércio com as vendas da Páscoa 

A CDL NH e a FCDL RS acreditam em crescimento nas vendas com a proximidade da Páscoa. A alta no consumo deve ser registrada nos tradicionais ovos de chocolates, peixes, bebidas e ainda nas roupas infantis (10%) e brinquedos (8%). O ticket médio esperado para o período é de R$ 145,00, incluindo ovos de chocolate, alimentos típicos da comemoração e presentes.

Contudo, se observa nos últimos anos é uma maior racionalidade dos consumidores na compra dos produtos típicos da Páscoa. Já que o ovo de chocolate, por seu formato, acaba agregando um aumento de preço da ordem de 480%: o preço médio do quilo do chocolate em barra é de R$ 54,00 e do ovo de páscoa fica por volta de R$ 320,00.

A opção cada vez mais comum dos consumidores é adquirir o chocolate em barra e fazer o ovo de Páscoa artesanalmente. “Outra alternativa é negociar com as crianças a compra de menos ovos, substituindo-os por brinquedos ou artigos do vestuário, o que também acaba sendo compensador”, analisa o presidente da CDL NH, Jorge Stoffel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =