Campo Bom – Primeira sessão do mês de junho é marcada pelo uso da tribuna popular

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Representante da feira da mata e presidente do Conserpro utilizaram o espaço  

Foto oficial da Sessão Ordinária de 03 de junho – Crédito: Câmara de Vereadores de Campo Bom.

Ocorreu na última segunda-feira (3), mais uma sessão ordinária do Legislativo de Campo Bom.

Na oportunidade, a Câmara de Vereadores recebeu na tribuna popular o representante da feira da mata, João Schotz e o presidente do Conserpro, Pedro Rogério Martins Duarte, para debater questões que afetam a população do município. Foram esclarecidos questionamentos sobre o projeto Policiamento Comunitário, conforme os parlamentares haviam solicitado através da Moção 007/2019. Em seguida o João Schotz ocupou a tribuna para ressaltar a importância da feira da mata “é um momento para celebrar tudo que está acontecendo de bom na nossa cidade”.

 Já na palavra livre, os vereadores, trouxeram assuntos referentes a comemoração dos 60 anos da cidade, economia, pedidos de melhorias, além da importância do projeto vereador mirim.

Nesta semana, o Legislativo de Campo Bom aprovou o total de 10 matérias, entre requerimentos, pedidos de informação e projeto de lei. Durante a votação da ordem do dia, o presidente da casa, Paulo Tigre (MDB), apresentou oito matérias. Entre os pedidos do vereador, está a solicitação de informações sobre o repasse financeiro mensal das escolas municipais, o requerimento de que seja cumprida a Lei Estadual nº 15.254, que garante proteção e cuidados aos animais comunitários, a solicitação de que seja incluso no calendário como evento oficial o “Dia do Bombeiro Civil e Voluntário” e a instalação da Frente Parlamentar em defesa da extensão da BR 448. Entre as demandas apresentadas, o vereador teve seis matérias aprovadas por unanimidade e apenas um pedido reprovado.

Já o vereador Jair Wingert (PP), solicitou para a Comissão de Homenagens da Casa, a possibilidade de prestar uma homenagem ao jovem Luis Felipe Becker. O vereador Alexandre Hoffmeister (PP), solicitou ao Executivo que forneça exames de visão e se necessário institua um programa de fornecimento de óculos, para alunos da educação infantil e para séries inicias da rede fundamental. Outro requerimento é da vereadora Sandra Orth (PSDB) que institui no município de Campo Bom o prêmio “Professor do Ano”. Os parlamentares tiveram suas demandas aprovadas.

Na ocasião foram votados dois Projetos de Lei. O Executivo Municipal é autor do projeto nº 026/2019 referente ao incentivo para a empresa FIBER. A matéria foi aprovada por todos os parlamentares. Já do Legislativo, o vereador Paulo Tigre (MDB), é autor do projeto de lei nº 031/2019, que dá nova redação ao inciso IV do Art. da Lei Municipal 3.507 de 15 de dezembro de 2009. Na ocasião o vereador Jerri Moraes propôs pedido de vistas para aprovação do projeto. Com parecer favorável, a Moção 006/2019 de autoria dos vereadores Joceli Fragoso, Victor Souza, Tiago Souza e Jair Wingert, pede uma Moção de Contrariedade, da Lei 6.268/2016, referente ao projeto do deputado Valdir Colatto, que prevê a regulamentação de manejo, controle e exercício de caça de animais silvestres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 6 =