Câmara deve fazer novo repasse para enfrentamento da Covid-19 em Novo Hamburgo

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

O valor será calculado a partir de contenções de despesas dentro do orçamento da Casa 

Naasom Luciano, secretário de saúde de Novo Hamburgo – Crédito: Daniele Souza/CMNH

Os vereadores de Novo Hamburgo participaram nesta segunda-feira, dia 1º, de uma reunião com o secretário municipal de Saúde, Naasom Luciano. O encontro, realizado no Plenário, foi transmitido ao vivo pela TV Câmara. Naasom apresentou valores recebidos e investidos pelo Município para o atendimento à Covid-19 desde o início da pandemia e demonstrou preocupação com a manutenção da estrutura devido à ausência de novos recursos. Com a manifestação favorável dos vereadores presentes, a Câmara trabalhará para formalizar aporte financeiro ao Executivo para auxiliar no combate ao coronavírus. O valor será calculado a partir de contenções de despesas dentro do orçamento da Casa.

“A principal pauta que abordamos na primeira reunião da legislatura no início do ano foi justamente um corte orçamentário para que pudéssemos investir na entrega de serviços na ponta, onde o cidadão mais necessita. Acredito que vamos construir a melhor forma para que a Câmara possa contribuir para o enfrentamento da doença”, afirmou o presidente do Legislativo, Raizer Ferreira (PSDB). No ano passado, ainda na legislatura anterior, outros redirecionamentos de valores foram feitos para auxiliar o atendimento à Covid-19.

Necessidade de recursos 

Naasom Luciano explicou ter participado de reunião em Brasília na semana passada junto a outros gestores municipais na área da saúde. Entre os assuntos discutidos estava a manutenção dos financiamentos de leitos de UTI abertos na pandemia. “Salvo seja incluída alguma negociação na análise orçamentária no Congresso Nacional, não temos a perspectiva de recebermos novos recursos. O Governo Federal sustenta que não há dinheiro novo, então não há possibilidade de complementação. A situação é dramática ao extremo. Nossa estrutura física de saúde é finita, mas temos percebido um acréscimo muito significativo em todas as nossas portas”, sinalizou o secretário.

Aportes 

Até o final de dezembro, a Prefeitura recebeu cerca de R$ 23,2 milhões, entre aportes federais e emendas parlamentares. Do montante, R$ 19,8 milhões já foram utilizados para a ampliação do número de leitos e do Centro Covid. As despesas mensais com recursos humanos e diárias de UTI e suporte ventilatório chegam a R$ 1,6 milhão, de acordo com o secretário municipal. O secretário ainda reforçou que, apesar dos muitos acertos da Prefeitura durante os quase 12 meses de pandemia, o dinheiro permanece como peça fundamental para a garantia de atendimento a todos os cidadãos. 

26 thoughts on “Câmara deve fazer novo repasse para enfrentamento da Covid-19 em Novo Hamburgo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *