Bolsonaro visita RS para inaugurar nova Ponte do Guaíba

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Presidente participou da cerimônia de inauguração do eixo principal da ponte, na BR-290, e da liberação de 27 km de trecho ampliado em Barra do Ribeiro ds BR-116  

Bolsonaro foi recepcionado pelo governador Eduardo Leite – Crédito: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cumpriu agenda nesta quinta-feira (10) no Rio Grande do Sul. Ele participou da inauguração do eixo principal da nova Ponte do Guaíba, na BR-290, em Porto Alegre, e da liberação de 27 quilômetros de duplicação da BR-116 em Barra do Ribeiro. 

Ao chegar, por volta das 9h25 no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, Bolsonaro e a equipe que o acompanhava não usavam máscara. O uso é obrigatório no RS desde maio. O presidente foi recebido pelo governador Eduardo Leite (PSDB), pelo senador Luís Carlos Heinze (PP-RS) e pelo deputado federal Osmar Terra (MDB-RS). A comitiva cumprimentou os políticos com um aperto de mão. 

No Twitter, o governador falou sobre o encontro com o presidente. “Recebemos há pouco o presidente Jair Bolsonaro para inauguração da nova ponte do Guaíba. No trajeto até a obra, conversamos sobre a vacina contra o coronavírus e pude renovar a convicção de que o Ministério da Saúde vai liderar o processo e disponibilizar as vacinas aprovadas pela Anvisa”, escreveu. Do aeroporto, Bolsonaro seguiu para a ponte do Guaíba onde chegou por volta das 10h. Durante a cerimônia, o presidente estava acompanhado dos ministros Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI), Onyx Lorenzoni (DEM-RS), da Cidadania e Ernesto Araújo, das Relações Exteriores. Eles não usavam máscara. 

Discursos 

O primeiro a falar foi o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, que destacou a importância da obra para o estado. “É importante dizer que essa ponte é um sonho de décadas, de gerações. Porto Alegre e Região Metropolitana tinham apenas uma saída pro Sul. Pra chegar no porto de Rio Grande. E o Sul tinha apenas uma forma de acessar a Capital do estado. Com essa obra nós vencemos essa etapa e o que é mais importante, ela não abre apenas o uso dessa ponte para população de Porto Alegre e do RS. Ela abre um novo tempo pro estado. Um tempo ainda mais especial, de crescimento, desenvolvimento, geração de emprego e geração de riqueza.” 

O governador do RS Eduardo Leite falou sobre os benefícios da obra não só como via de acesso ao Sul do estado. “Uma obra relevante não apenas pela ligação com essa nova ponte da região Sul do estado na região que economicamente precisa desta obra associada à duplicação da BR-116 e falo com a propriedade de ser daquela região, mas uma obra que atenderá também do ponto de vista logístico para o nosso estado, para melhorar a competitividade de tudo aquilo que se produz na metade Norte em direção ao porto de Rio Grande porque com a redução do tempo de viagem, a segurança nesse sistema viário com a obra da duplicação, e a ponte nós temos sem dúvida nenhuma a redução de custos logísticos importantes para colocar o estado em melhores condições de competir.” 

Pandemia 

No discurso, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a pandemia de coronavírus. “Me permite falar um pouco do governo, que ainda estamos vivendo o finalzinho de pandemia. O nosso governo, levando-se em conta outros países do mundo, foi aquele que melhor se saiu, ou um dos que melhores se saíram na pandemia”. A declaração é feita num momento em que 22 das 27 unidades da federação enfrentam alta nas mortes por coronavírus, segundo o consórcio de veículos de imprensa. É a primeira vez que tantos estados aparecem simultaneamente com tendência de alta nas mortes pela doença desde que o consórcio começou a acompanhar essas tendências, em 9 de julho. Desde o início da pandemia, 179.032 pessoas morreram por conta da Covid-19 no Brasil. 

Depois, por volta das 12h30, Bolsonaro foi a Barra do Ribeiro, a 60 km de Porto Alegre, para inaugurar mais um trecho de duplicação da BR-116, obra que começou em 2012 e tinha previsão inicial de ser concluída em 2015. Em agosto do ano passado, em visita ao estado, o presidente participou da liberação de 47 km da rodovia. No local, o presidente acenou para motoristas e falou com os trabalhadores da obra. Ele dirigiu um Camaro apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante operação contra tráfico internacional no RS, e que agora faz parte da frota da corporação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *