Assembleia Legislativa aprova contratação emergencial de 17 profissionais de saúde para conter coronavírus

Compartilhe:
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

Casa fica em recesso até o dia 31 de março

Deputados Estaduais aprovaram situação de calamidade pública e autorizaram contratações – Crédito: Ascom AL

A  Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou por unanimidade, na tarde desta quinta-feira (19), o projeto de lei do governo estadual que autoriza a contratação emergencial de 17 profissionais da área da saúde para ajudar no combate ao coronavírus.

A medida permite que a Secretaria da Saúde contrate, por 30 horas semanais, quatro farmacêuticos, quatro biólogos, sete enfermeiros e dois médicos. A equipe irá reforçar o Laboratório Central na força-tarefa que busca acelerar a detecção e o combate ao avanço da Covid-19.

Os deputados reforçaram ainda o decreto de calamidade pública publicado pelo governador Eduardo Leite na manhã desta quinta.

Toda a sessão teve pouco mais de 15 minutos. Os parlamentares aprovaram, também, a votação online para evitar a circulação de pessoas no plenário e demais dependências da Casa.

Segundo o presidente, Ernani Polo (PP), os estagiários já foram liberados da presença. A direção estuda apenas o caso dos funcionários terceirizados. Conforme Polo, estão sendo estudados os mecanismos legais dos contratos com as empresas que realizam serviços à Assembleia.

O retorno das sessões deve ocorrer em 31 de março. Até lá, estão suspensas as sessões plenárias e reuniões parlamentares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dezenove =