Novo Hamburgo vincula reajuste de tarifa de ônibus a aumento salarial de rodoviários

Passagem irá subir 8,7%, para 5 reais, mas empresas devem dar aumento de 11,92% no salário dos seus trabalhadores.

A Prefeitura de Novo Hamburgo encaminhou para a Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, (25), cópia do decreto que reajusta a tarifa municipal de ônibus em 8,7% a partir do próximo domingo, dia 31.

No entanto, para ter este ajuste, as empresas de ônibus terão que dar um aumento de 11,92% no salário dos seus trabalhadores (motoristas, administrativos, etc). O percentual é referente ao INPC de julho de 2021 a junho de 2022.

“Estes profissionais estão há três anos sem aumento, por isso achamos fundamental condicionar o reajuste da passagem ao aumento salarial deles”, explica a secretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Roberta Gomes de Oliveira. Com isso, a nova tarifa dos ônibus hamburguenses passa para 5 reais a partir de domingo.

O reajuste foi aprovado pelo Conselho Municipal de Mobilidade Urbana e de Transporte Público (Comutp).

As empresas, no entanto, chegaram a apresentar pedidos com valores entre R$ 5,671 e R$ 6,8755. O percentual aceito levou em conta custos das empresas. Os últimos aumentos do óleo diesel têm impactado muito nos custos do transporte público. A Prefeitura está vinculando o reajuste tarifário ao aumento salarial dos rodoviários.

A secretária Roberta participou da sessão desta segunda-feira, dia 25, da Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo para informar aos vereadores e explicar detalhes. “Como a negociação vem desde abril, as empresas solicitam a nova tarifa a partir de domingo e se comprometem a reajustar os funcionários já no pagamento do início de agosto”, destaca a secretária Roberta. O último reajuste concedido em Novo Hamburgo foi em abril do ano passado, quando a tarifa passou de R$ 3,85 para R$ 4,60.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

treze − oito =