Comusa inicia instalação de novos interceptores no arroio Luiz Rau

Obra fará parte do complexo da nova Estação de Tratamento de Esgoto 
 
A Comusa – Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo assinou, nesta semana, a ordem de início para a instalação de interceptores no arroio Luiz Rau, obra que é parte fundamental do complexo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Luiz Rau e que será feita em paralelo com a construção da unidade.
O investimento na obra é de R$ 1,5 milhão e tem prazo de 6 meses, a partir da assinatura de início das obras.
Serão 700 metros remanescentes de interceptores que compreendem a margem leste do arroio Nicolau Becker, iniciando na rua Henrique Dias até a rua Coronel Genuíno Sampaio para, mais tarde, se interligar à rede interceptora já feita na rua José João Martins, que bombeará o esgoto até seu tratamento na futura ETE.
O diretor-geral da Comusa, Márcio Lüders, comemorou a ordem de início nesta semana. “Estamos trabalhando desde 2018 no avanço dessas obras da ETE Luiz Rau e atingimos mais essa conquista. Nossa meta é concluir a nova ETE ainda em 2024”, aponta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vinte − 13 =