Comusa completa 3 anos no Pacto Global da ONU

Autarquia reforçou atividades com foco na sustentabilidade, saneamento e educação ambiental em 2021 e 22

Mantendo compromisso com a sustentabilidade e meio ambiente, a Comusa – Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo completou seu terceiro ano como signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).

A iniciativa mundial une empresas privadas e do serviço público buscando atingir resultados que melhorem a vida das comunidades onde elas atuam. 

O relatório de atividades, apresentado anualmente, destaca ações que se aplicam às categorias de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção, além de apresentar uma medida dos resultados obtidos pelas ações.

Entre os destaques de 2021 e 2022, a Comusa apontou o aumento no saneamento no município, com a conclusão da obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Vila Palmeira e início das obras da ETE Luiz Rau. 

A retomada da educação ambiental para a comunidade após a pandemia também foi destaque. 

“O Pacto Global também norteia as atividades que vamos desenvolver, nos ajuda a pensar que ações podemos tomar para atingir nossos objetivos. No próximo ano, queremos ter ainda mais para mostrar”, comenta a diretora-geral da Comusa, Andrea Braun.

A aproximação com a comunidade tem sido um dos focos do setor socioambiental. Na Semana do Meio Ambiente, escolas voltaram a participar de palestras e visitas guiadas na Comusa. 

“Produzimos vídeos para explicar os processos de tratamento de água e esgoto da autarquia, além de mostrar para grupos de escolas todo o trabalho feito nas estações. Isso ajuda os professores a entenderem melhor o assunto e aos alunos a terem uma noção maior do trabalho que desenvolvemos diariamente na Comusa”, explica a coordenadora de produção Luciane Maria.

Interessados em conhecer o processo de tratamento ou participar de palestras sobre saneamento podem enviar email para [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × dois =