Com subsídio, Prefeitura busca melhorar transporte público

Justiça homologa acordo que prevê aporte mensal de até R$ 66 mil mensais para melhorias

Após rodadas de negociações, a Justiça homologou na segunda-feira (16) acordo proposto pela Prefeitura de Estância Velha com a empresa de transporte Silas, concessionária do transporte coletivo municipal. A partir de aporte mensal de até R$ 66 mil, a Administração espera melhorar a prestação do serviço, com o aumento da oferta de ônibus em horários de pico.

A negociação com a empresa garantiu outras vantagens aos usuários, segundo anunciou o prefeito Diego Francisco. “Além de aumentar a oferta de ônibus em horários de pico, conseguimos reduzir em 60 centavos o preço da passagem pelos próximos 12 meses”, disse.

A passagem da linha municipal que hoje é de R$ 4,10 passará, a partir do dia 1º de junho, para R$ 3,50. Essa redução vai acontecer justamente pelo subsídio que a Prefeitura concederá à empresa que presta o serviço no município.

A proposta de subsidiar mensalmente a Silas surgiu após o início das negociações. A Administração contratou estudo técnico da situação do transporte público municipal e identificou desequilíbrio financeiro do contrato atual, apresentando alternativas. 

Com a negociação homologada, o Executivo encaminhou na quarta-feira (18) projeto de lei à Câmara de Vereadores para que a proposta se torne lei e passe a ter validade. Um dia antes, o executivo chamou os parlamentares para apresentar os termos da conciliação e esclarecer eventuais dúvidas. 

Transporte escolar

O acordo homologado nesta semana também garante a ampliação da oferta de transporte aos alunos das escolas municipais. Segundo informou a Prefeitura, a Silas passará a transportar cerca de 200 estudantes até suas respectivas escolas diariamente e isso garantirá que a Secretaria de Educação (Semec) amplie a capacidade de alunos conduzidos pelos ônibus próprios até as escolas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 2 =