Leitura auxilia na volta às aulas

Plataformas virtuais de tecnologia educacional auxiliam alunos no retorno ao ano letivo

Com a volta às aulas no formato presencial, os alunos passam por um período de readaptação. Para acolher as crianças no retorno ao convívio e atividades escolares, a leitura é uma das ferramentas utilizadas pelos educadores no início do ano letivo. Para instrumentalizar professores e alunos nessa jornada, a utilização de plataformas digitais oferecidas por edtechs (education technology, ou tecnologia educacional) é importante.

A Árvore, uma das maiores edtechs para Educação Básica do Brasil, disponibiliza em sua plataforma mais de 30 mil títulos e conteúdo de atualidades que podem ajudar nessa retomada. “A leitura tem um papel fundamental no acolhimento, pois faz com que os alunos reflitam sobre suas bagagens culturais e tenham acesso a um mundo de possibilidades, encarando, por meio do convite à aventura, um novo ano repleto de desafios, conquistas e muito conhecimento”, explica Taíza dos Santos, professora de Português da Escola Estadual Eliza Saretta Sutilli, de Nova Alvorada (RS). Os estudantes do município gaúcho têm à disposição mais de 30 mil livros desse streaming de leitura.

De acordo com Letícia Reina, gestora educacional da edtech, acolher e escutar os alunos na volta às aulas é fundamental para criar elo afetivo na escola. “O vínculo entre o educador e o estudante é o ponto de partida. A prática de ‘contação’ de histórias, leituras compartilhadas e rodas de conversas podem ser interessantes para o início dessa rede de afeto, pois as relações de ensino e de aprendizagem acontecem de forma significativa. Dessa forma, a leitura pode espalhar as sementes da amizade e do respeito”, comenta a gestora.

“O vínculo entre o educador e o estudante é o ponto de partida. A prática de ‘contação’ de histórias, leituras compartilhadas e rodas de conversas podem ser interessantes para o início dessa rede de afeto.”
Letícia Reina, Gestora educacional

Observação, reflexão e empatia

Os títulos trabalhados pela Árvore são selecionados especialmente para o momento dessa retomada. Por meio do ambiente digital, os alunos fazem a leitura, compartilham os trechos que acham mais relevantes e discutem sobre os temas. A obra Zélia, de Cristelle Vallat e Sthéphanie Augusseau, permite levar à sala de aula a importância do diálogo, da troca e entrar na brincadeira da escuta, proposta pela personagem ao longo da história. 

Já o título O Que Você Carrega em sua Mochila?, de Andrea Farioli, tem o objetivo de promover a observação dos diferentes pontos de vista sobre a jornada pessoal e refletir sobre os itens que cada um carrega em sua mochila, dividindo conhecimentos e conhecendo os colegas. 

O livro Está em Nossa Frente, Mas Não Vemos, de Ulisses Moroni Júnior, explora a empatia. Enquanto Dono do Tempo, de Bruno Fontes, ajuda na reflexão sobre como fazer a gestão do tempo. “A leitura auxilia em todas as etapas de ensino, por meio dela é possível viver grandes experiências e avançar em um mundo de novas oportunidades. Quem lê voa, sonha e vive um mundo de magia e descobertas”, salienta a professora Taíza dos Santos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 + 19 =