Assembleia aprova Política Estadual de Enfrentamento ao Alzheimer

Proposta do deputado Issur Koch (PP) busca propor política de Estado no enfrentamento à doença

Porto Alegre – A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade, na última terça-feira (8), projeto de lei 342/2019, de autoria do deputado Issur Koch (PP), que propõe a criação da Política Estadual de Enfrentamento à Doença de Alzheimer e outras Demências. 

Resultado de debates e sugestões apresentadas pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia e especialistas no assunto, a iniciativa do parlamentar busca propor uma política pública de Estado, no modelo de governança, estabelecendo diretrizes e metas para enfrentamento da doença. Com o projeto, o Issur pretende que a enfermidade receba um olhar diferenciado do poder público por atingir não apenas o paciente, mas a família e a sociedade como um todo. 

“Estima-se que cerca de 120 mil pessoas no Rio Grande do Sul sejam acometidas por algum tipo de demência. Em parte, isso tem relação com o fato de termos a maior população de idosos do País, com 18,2% de pessoas na terceira idade. Nosso projeto pretende aliar o aumento da expectativa de vida à qualidade de vida no Estado. Para isso, são necessários investimentos na prevenção”, conclui Issur.

Educação

Professor, Issur destacou a importância da Educação para o enfrentamento ao Alzheimer. “Pesquisas mostram que a baixa escolaridade e o pouco acesso ao estímulo cognitivo continuado são entraves à qualidade de vida dos idosos brasileiros. Com tempo médio de educação formal de cerca de quatro anos e um universo de 23% de analfabetos e 49% analfabetos funcionais no País, o Alzheimer encontra na baixa escolaridade mais um elemento a fomentá-lo, predispondo o surgimento das demências”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 − 6 =