Projeto propõe criação de cadastro para adoção de animais em Novo Hamburgo

Na proposta, fica estabelecido que instrumento seria disponibilizado no site da Prefeitura 

No intuito de combater o abandono e incentivar a posse responsável, o vereador Cristiano Coller (PTB) protocolou projeto de lei que institui em Novo Hamburgo um cadastro para a doação e adoção de animais. 

O instrumento seria disponibilizado no site da Prefeitura. A matéria entrou em tramitação no último dia 25/10, e será discutida pelas comissões permanentes antes da votação em plenário. 

“A criação do cadastro tem por finalidade o incentivo à adoção responsável em nossa cidade. O abandono de animais nas ruas é um grave problema para Novo Hamburgo, sendo que muitas vezes são descartados por seus próprios tutores”, explica Coller. De acordo com o Projeto de Lei nº 90/2021, o catálogo deverá conter foto do animal, nome, idade aproximada, cor, peso, porte, se é castrado ou não e o contato do doador. O acesso ao cadastro será exclusivo aos moradores da cidade. 

Proposta  

“A proposta em nada oneraria o poder público, pois é algo simples de ser realizado e não demanda custos ao Executivo”, reforça o vereador. Caso a matéria seja aprovada em plenário e sancionada pela prefeita Fátima Daudt, a norma entrará em vigor 60 dias após sua publicação. 

Tramitação  

Quando um projeto é protocolado na Câmara, a matéria é logo publicada no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), podendo ser acessada por qualquer pessoa. Na sessão seguinte, sua ementa é lida durante o Expediente, sendo encaminhado para a Diretoria Legislativa. Se tudo estiver de acordo com a Lei Federal Complementar nº 95, que dispõe sobre a elaboração, redação, alteração e consolidação das leis, e não faltar nenhum documento necessário, a proposta é encaminhada à Gerência de Comissões Permanentes e à Procuradoria da Casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − um =