Novo Hamburgo aparece como vice-líder na geração de emprego no RS em setembro

Conforme balanço do Caged, indústria é destaque do mês na cidade com mais da metade dos 697 novos postos de trabalho criados  

Mais uma vez Novo Hamburgo é destaque na geração de emprego em todo o Rio Grande do Sul. Segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do governo federal divulgadas na terça-feira, dia 26, o município criou 697 postos de trabalho com carteira assinada no mês de setembro. 

Este é o melhor saldo em todo o Estado, atrás apenas da Capital, e superando grandes centros econômicos do Estado, como Caxias do Sul e Canoas. Este é também o quarto mês consecutivo que Novo Hamburgo aparece na vice-liderança gaúcha entre as cidades que mais geram emprego. 

“O mais significativo disso tudo é que são postos de trabalho com carteira assinada. Ou seja, empregos em que os trabalhadores têm assegurados todos os seus direitos trabalhistas e sociais”, destaca a prefeita Fátima Daudt. A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues, acrescenta que a expectativa é seguir neste ritmo nos próximos meses. “Cada vez mais estamos consolidando o ambiente positivo para empreender que implantamos na cidade”, explica. 

Destaque  

O destaque do mês foi a indústria, que respondeu por mais da metade dos empregos gerados, com 421 novos postos de trabalho; seguido de serviços, com saldo de 176; e comércio, com 108. A construção civil teve saldo negativo de menos oito postos de trabalho. 

O diretor de Trabalho da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Nelson Dietrich, chama atenção para o equilíbrio entre os gêneros nas contratações, com 375 homens e 322 mulheres em setembro. “Além disso, quase metade das 697 vagas ocupadas foram por pessoas com ensino médio completo, o que reforça a importância da educação”, enfatiza. 

Acumulado  

Com isso, pela primeira vez no ano, o Caged também mostra Novo Hamburgo como a segunda cidade gaúcha com o maior acumulado na geração de emprego nos nove meses de 2021, com um saldo positivo de 8.104 postos de trabalho criados. E ainda dos últimos 12 meses, entre outubro de 2020 e setembro de 2021, com 10.524 empregos gerados, atrás somente de Porto Alegre em ambos os casos. 

Novo Hamburgo vem se destacando na geração de emprego no Estado e no Sul do Brasil desde agosto do ano passado, inclusive durante momentos de picos da pandemia. Considerando todas as cidades dos três Estados da Região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que somam 1.191 municípios), Novo Hamburgo aparece na 8ª posição com o melhor saldo de emprego no acumulado dos nove meses de 2021. 

O município também é destaque nos últimos 12 meses (outubro do ano passado a setembro deste ano) nos três Estados da Região Sul, com a 9ª posição entre as 1.191 cidades. Com este desempenho, o estoque de emprego já contabiliza 72.925 (total de trabalhadores empregados na cidade).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =