NOVO HAMBURGO – Feipet encerra com otimismo dos setores PET e VET

Feira profissional apresentou novidades e proporcionou fechamento de negócios e conhecimento aos profissionais do setor

Chegou ao fim na última semana:   terça-feira (28), a 8ª edição da Feipet – Feira de Negócios para Animais de Estimaçãonos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo/RS. Durante três dias, o evento reuniu quase 100 marcas com novidades e tendências dos setores PET e VET, para oportunizar negócios e estreitar contato com profissionais do segmento. Além disso, a feira ainda proporcionou espaços de conhecimento, com palestras e o campeonato de tosa, que permitiu os visitantes se capacitarem e renovarem conhecimentos na área.

Para o diretor-presidente da Fenac, Marcio Jung, a feira superou a expectativa inicial da promotora em relação à satisfação dos participantes e relevância do evento para o mercado. “Nós tínhamos uma grande expectativa de retomada das feiras presenciais e também em relação à Feipet, que foi certamente superada com a realização deste evento”, comenta Jung. Ele também pontua que o alcance da Feipet foi ainda maior que a Fenac havia projetado, pois o evento recebeu diversos visitantes de fora do Sul do Brasil. “Tivemos mais de 5 mil pessoas visitando a feira nesses três dias”, revela.

Jung ainda explica que o setor PET e VET é um mercado extremamente crescente e a Feipet se colocou muito bem neste cenário. “Percebemos a satisfação dos visitantes, participantes das atividades e dos expositores, pois foi uma feira de muitos elogios”, comemora. “Temos certeza que a Feipet será uma feira ainda maior em 2022, pois o mapa para a próxima edição será mais que o dobro da edição deste ano. Acredito que a Feipet tenha tudo para se tornar uma das maiores feiras do portfólio da Fenac”, finaliza o diretor-presidente. A Feipet 2022 já tem data para acontecer:  de 29 a 31 de maio (domingo a terça-feira).

Expositores e visitantes satisfeitos 

Para os expositores desta edição, a Feipet foi uma oportunidade para se reaproximar com os profissionais e movimentar os negócios. O diretor das marcas Pet Injet, Truqys Pet e The Pets Brasil, Ostilo Amaral Junior, conta que esta é a primeira edição da feira que o grupo de São Paulo participa. “A Feipet nos surpreendeu positivamente. Foi uma feira com muito fluxo, não só de veterinários, mas também de lojistas e alguns distribuidores. Fizemos contatos importantes aqui”, avalia Junior. “Estamos muito entusiasmados, inclusive já fechamos nossa participação na edição de 2022 para um espaço maior. Vamos trazer outras empresas do grupo também, pois gostamos do resultado. Estamos colhendo os frutos com grandes negócios!”, complementa. O diretor ainda destaca que o objetivo inicial da participação foi trazer mais visibilidade para as marcas do grupo na região.

Para a Elluc, que participa da Feipet pela primeira vez com estande próprio, foi possível fechar negócios e prospectar diversos contatos. “No domingo atendemos muitas pessoas que estão querendo iniciar no segmento PET, já na segunda e terça-feira atendemos profissionais que já atuam no setor. Todos os dias foram muito produtivos e com o fechamento de diversos negócios, representando um aumento de aproximadamente 50% em nossas vendas em um período considerado comum, além de mais de 200 contatos para negócios futuros”, destaca o gerente comercial, Roberto Boas Vista Costa Junior. “Nas primeiras duas horas já vendemos todo o nosso mostruário e alguns produtos ficaram com o estoque zerado”, comemora Roberto, antecipando que desejam ampliar o espaço do estande na próxima edição para comportar a demanda que perceberam neste ano.

Visitantes 

Entre os visitantes desta edição da feira estava Sérgio Lobato, médico veterinário e consultor técnico do Rio de Janeiro, já reconhecido no setor. Lobato explica que a Feipet é a primeira feira que ele visita após essa retomada dos eventos presenciais do segmento. “Já estive aqui há muitos anos, mas neste cenário pós-pandemia todos estávamos com uma expectativa de como seria e estou achando a Feipet excelente!”, relata o consultor. Para ele, a feira representa uma oportunidade de networking e negócios. “A Feipet está muito bem organizada e maior do que muitas feiras de outros estados que já tem tradição no segmento. Para mim, como é uma feira de negócios, está excelente, pois já atendi cinco clientes e já identifiquei dois possíveis fornecedores para projetos”, revela Lobato. “Feira é uma possibilidade de gerar negócios onde você nem imagina que eles possam acontecer”, complementa.

Outra visitante da Feipet foi Caroline Rebello Quinteiro, proprietária do pet shop e consultório veterinário Província dos Bichos, de Porto Alegre/RS. Para ela, esta edição surpreendeu. “Já visitei a Feipet em outras edições e a feira está maior que eu esperava. É muito positiva esta retomada dos eventos, pois é uma excelente oportunidade para conhecer novos fornecedores e encontrar novidades”, conta Caroline, explicando que fazia praticamente dois anos que ela não visitava nenhuma feira do segmento. “Vim em busca de negócios, pois mesmo se não fecharmos nenhum pedido na feira, pegamos muitos contatos de fornecedores para conversas e negócios futuros”, avalia Caroline.

Campeonato de Tosa Groom Sul evidencia talentos do segmento 

Entre as atividades da programação da feira, ocorreu o Campeonato de Tosa Groom Sul, a primeira competição de tosa do Rio Grande do Sul. O campeonato busca valorizar e promover talentos no segmento, além de integrar e estreitar a relação entre groomers, ampliando o conhecimento técnico dos profissionais.

Para o coordenador e organizador do Groom Sul, Alcides Correa, o campeonato foi um sucesso. “Essa certamente é a maior edição que já promovemos do Campeonato de Tosa Groom Sul! Ultrapassamos todas as metas que tínhamos para esta edição, pois tivemos mais de 200 inscritos e um excelente público”, comemora Correa. Ele ainda comenta que o setor grooming está em constante crescimento no Brasil. “Cada vez mais, profissionais qualificados vêm se destacando e fazendo o setor se evidenciar e inovar, seja dentro dos centros de estética ou no mundo das competições”, explica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =