NOVO HAMBURGO – Estação de Tratamento de Esgoto na Vila Palmeira é inaugurada

Com capacidade para tratar 16 litros por segundo, nova estrutura irá beneficiar 5 mil moradores do bairro Santo Afonso 

A Comusa – Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo inaugura nesta quarta-feira, dia 1º, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Vila Palmeira, no bairro Santo Afonso. Iniciada em agosto de 2019, a ETE recebeu, na semana passada, sua licença de operação definitiva e já começa a operar efetivamente após quase quatro meses em testes.

“Estamos muito felizes em entregar mais esta importante obra para a comunidade hamburguense. É uma estrutura compacta, mas que representa muito no caminho que estamos trilhando pela melhoria do saneamento na cidade”, enfatiza a prefeita Fátima Daudt. Durante a inauguração, Fátima enfatizou o trabalho realizado durante a pandemia para que a estação fosse construída. “Esta administração gosta de desafios. De estar à frente e de entregar à comunidade cada vez mais serviços e obras como esta”, completou.

Comprometimento  

Fátima reforçou seu comprometimento e determinação de sua gestão em deixar como legado uma cidade melhor em todos os aspectos, incluindo investimentos que refletem diretamente na qualidade de vida da população. “Recebemos uma cidade com menos de 7% de esgoto tratado. Vamos entregar a cidade com 60% do esgoto tratado”, disse.

A nova ETE, que vai beneficiar mais de 5 mil pessoas que vivem no local, teve investimento de mais de R$ 5,1 milhões e permite o tratamento de até 16 litros por segundo. O vice-prefeito e diretor-geral da Comusa, Márcio Lüders, lembra que a ETE veio pré-montada e, por isso, teve um tempo rápido de finalização. “Os resultados que tivemos nos testes comprovaram a qualidade desse novo modelo, que foi muito eficiente e vai beneficiar toda a população”, explica.

Comemorações  

Ainda durante a inauguração, o presidente da Câmara de Vereadores, Raizer Ferreira, comemorou a conquista e cumprimentou a prefeita pela quantidade de realizações que já foram e que ainda serão inauguradas.

Parte da estrutura que vai compor o complexo da ETE Luiz Rau, que teve liberação para início de obras por parte da Fepam neste ano e deve ser responsável pelo tratamento de 50% do esgoto de toda Novo Hamburgo, a estação da Vila Palmeira tem vazão de 16 litros por segundo. Junto com a ETE Roselândia, em fase de finalização, representam avanços importantes para que o Município atinja as metas do Marco do Saneamento até 2033.

“Estamos realizando estudos e investindo para garantir que Novo Hamburgo amplie o tratamento de esgoto, algo que sempre foi deixado para depois. E é importante lembrar que cada real investido em saneamento equivale a 9 reais poupados em saúde. É qualidade de vida para nossa população”, finaliza Lüders.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 20 =