ESPORTE – CBF avalia pedir à Fifa para punir clubes ingleses e o Zenit

Medida ocorreria pela falta de liberação de jogadores para a seleção 

A CBF avalia pedir para a Fifa impor aos clubes ingleses e ao Zenit da Rússia uma punição por não terem liberado os jogadores convocados para as rodadas de setembro das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

O regulamento da Fifa sobre “Status e Transferência de Jogadores” determina que, em casos assim, os clubes não podem usar os jogadores pelo tempo que durar a convocação e por um período adicional de cinco dias.

Ao todo, onze jogadores convocados por Tite para a seleção brasileira não foram liberados. São eles: Alisson, Fabinho e Roberto Firmino (Liverpool), Ederson e Gabriel Jesus (Manchester City) Thiago Silva (Chelsea), Fred (Manchester United), Raphinha (Leeds United) e Richarlison (Everton), todos do futebol inglês. Claudinho e Malcom (Zenit) também não foram liberados. 

Punição

Se a punição for aplicada, os clubes ficariam impedidos de usar esses jogadores na primeira rodada do Campeonato Inglês após a interrupção para as Eliminatórias. O Chelsea e o Manchester United jogam pela Liga dos Campeões dentro do período compreendido pela punição.

Nesta terça-feira, a federação de futebol do Chile pediu à Fifa que aplique a punição ao Watford e ao Blackburn, por não ter cedido respectivamente os jogadores Francisco Sierralta e Benjamin Bereton.

Dentro da CBF tem quem prefira uma saída diplomática com os clubes ingleses – não tentar uma punição agora e negociar para que o mesmo problema não aconteça na janela de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 18 =