Campo Bom terá vacinação contra Covid-19 na sexta-feira, 27, e no sábado, 28

Na sexta serão aplicadas segundas doses da Astrazeneca/Fiocruz e no sábado primeiras doses da Pfizer e da Coronavac 

Em Campo Bom, quem recebeu a primeira dose da vacina Astrazeneca/Oxford/Fiocruz/Covishield em junho ou antes e ainda não fez a segunda, já tem data marcada para isso: sexta-feira, 27 de agosto. O local já é conhecido dos campo-bonenses, o Complexo do CEI (drive-thru e ginásio), e a vacinação ocorre das 9h às 13h neste dia, ou enquanto durarem as doses. A Astrazeneca não é indicada para gestantes e puérperas.

Já no sábado, 28, pessoas com 18 anos ou mais e que ainda não se vacinaram, podem receber a primeira dose. As vacinas aplicadas serão Pfizer e a Coronavac. O local é o mesmo, o Complexo do CEI, e o horário, também, das 9h às 13h. Estas duas vacinas são indicadas para gestantes e puérperas. Mil doses serão distribuídas em cada um dos dias de vacinação.

Para o prefeito Luciano Orsi, o momento é de seguir trabalhando de maneira incansável pela imunização da população. “Atingimos um índice importante nos últimos dias, que é o de mais de 80% da população vacinável com ao menos a primeira dose. Ainda assim, é fundamental seguir trabalhando, já que a segunda dose completa o processo de imunização”, destaca. O secretário da Saúde João Paulo Berkembrock convoca os cidadãos para a vacinação. “Só venceremos a pandemia quando estivermos todos imunizados, por isso é necessário que, aqueles que ainda não se vacinaram, se vacinem”, alerta.

Documentação  

Quem for receber a segunda dose na sexta-feira, deve apresentar CPF ou cartão do SUS e o cartão de vacinação com o registro da primeira dose. Para os que forem se vacinar no sábado, além do CPF, cartão do SUS e carteira de vacinação, é preciso também apresentar comprovante de residência ou declaração de residência em Campo Bom. Puérperas e lactantes devem apresentar ainda certidão de nascimento do bebê e comprovação médica da lactação, e adolescentes com comorbidades, certidão de nascimento e laudo médico que ateste a comorbidade.

Para se vacinar, é recomendado que nenhuma outra vacina tenha sido tomada nos últimos 14 dias, não estar fazendo tratamento imunossupressor, não ter tido Covid-19 nos últimos 30 dias e não apresentar sintomas gripais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =