Seminário nacional sobre primeira infância coloca Novo Hamburgo em evidência

Experiência desenvolvida na cidade será compartilhada com profissionais 

O trabalho desenvolvido na Rede Municipal de Ensino de Novo Hamburgo é destaque nacional novamente. Desta vez, as boas práticas realizadas no município serão apresentadas no Seminário do Pacto Nacional pela Primeira Infância, iniciativa promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o objetivo de sensibilizar profissionais do Sistema de Justiça e do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente de todo o país sobre a importância da atuação integrada em prol da implementação do Marco Legal da Primeira Infância. “O convite para compartilharmos nossas experiências em eventos como este mostram a excelência do trabalho que desenvolvemos nas nossas escolas. É motivo de orgulho para a cidade ser referência em educação pública de qualidade”, destaca a secretária de Educação, Maristela Guasselli.

Com o tema “Justiça começa na infância: fortalecendo a atuação do sistema de justiça na promoção de direitos para o desenvolvimento humano integral”, o seminário acontecerá de forma virtual entre os dias 19 e 20 de agosto e poderá ser acompanhado pelo canal do CNJ no YouTube, no endereço eletrônico www.youtube.com/user/cnj . As inscrições podem ser feitas até dia 15 de agosto.

Educação Infantil na pandemia 

A educação hamburguense será representada pela coordenadora do Núcleo de Educação Infantil da Secretaria de Educação (SMED), Luciane Varisco Focesi. A educadora participará do workshop “Primeira Infância em tempos de Covid-19: perspectivas para proteção e promoção do desenvolvimento integral”, que será realizado na tarde do dia 20 de agosto. Abordando “Educação Infantil em tempos de pandemia”, a educadora compartilhará as estratégias e ações desenvolvidas pela Rede Municipal de Ensino. “Compartilharemos algumas experiências vividas pelas nossas escolas infantis, crianças, professores e famílias nesse tempo de distanciamento social devido a pandemia da COVIS. Entendemos, mais do que nunca, que estar com e na natureza é para a criança uma experiência única e incomparável, porque permite o contato com o ambiente natural ao visualizar as belezas, ouvir seus sons e encantamentos, ritmos e movimentos, invenções e criações”, explica Luciane.

Documentário mundial 

Os participantes do seminário também terão a oportunidade de acompanhar um trecho do documentário “O Começo da vida 2 – lá fora”, que destaca o trabalho das escolas municipais de Novo Hamburgo como experiência positiva e alternativa aos desafios da urbanização. O filme está disponível em cerca de 190 países a partir de plataformas como Netflix, iTunes, Apple TV, Amazon e Vídeo Camp, que exibe a obra gratuitamente e conta com recursos acessíveis como legendas, audiodescrição, dublagem em LIBRAS e legendas descritivas. Dirigido por Renata Terra, o filme de 90 minutos tem classificação livre.

O trabalho desenvolvido na Rede Municipal de Ensino de Novo Hamburgo é destaque nacional novamente. Desta vez, as boas práticas realizadas no município serão apresentadas no Seminário do Pacto Nacional pela Primeira Infância, iniciativa promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o objetivo de sensibilizar profissionais do Sistema de Justiça e do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente de todo o país sobre a importância da atuação integrada em prol da implementação do Marco Legal da Primeira Infância. “O convite para compartilharmos nossas experiências em eventos como este mostram a excelência do trabalho que desenvolvemos nas nossas escolas. É motivo de orgulho para a cidade ser referência em educação pública de qualidade”, destaca a secretária de Educação, Maristela Guasselli.

Com o tema “Justiça começa na infância: fortalecendo a atuação do sistema de justiça na promoção de direitos para o desenvolvimento humano integral”, o seminário acontecerá de forma virtual entre os dias 19 e 20 de agosto e poderá ser acompanhado pelo canal do CNJ no YouTube, no endereço eletrônico www.youtube.com/user/cnj . As inscrições podem ser feitas até dia 15 de agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + um =