REGIÃO – Banho quente pode fazer conta de luz ficar R$ 117 mais cara

Valor corresponde a 15 minutos no chuveiro para cada pessoa de uma família de quatro integrantes 

O invern gaúcho pode pesar na conta de luz, já que, em meio às secas deste ano no Brasil, a energia está mais cara no país.

Se cada pessoa de uma família de quatro integrantes tomar um banho quente de 15 minutos por dia, serão gastos, no total, R$ 117,15 mensais só com o chuveiro, segundo as concessionárias. 

O cálculo é simples: as companhias cobram por quilowatt-hora (kWh) utilizado. Na bandeira vermelha 2, cobrada atualmente, o custo de cada kWh na conta residencial normal é de cerca de R$ 0,71. 

Em geral, os chuveiros habituais operam na potência de 5.500 watt-hora (wH), ou 5,5 kWh, quando estão no modo “inverno”.

Considerando que cada pessoa da família de quatro integrantes demore 15 minutos no banho no modo “inverno”, ou seja, uma hora por dia, o consumo da casa será de 165 kWh mensais. 

Cálculo 

Multiplicando os valores pelo custo de R$ 0,71, os banhos mais quentes resultam em um gasto de R$ 117,15. Mas esses valores podem variar, pois, em algumas situações, o valor do kWh é diferente.

Para famílias inseridas na faixa da conta residencial de baixa renda, o preço cobrado por kWh na bandeira mais cara é de, no máximo, R$ 0,64.

O coordenador do Centro de Capacitação em Tecnologia da Loja Elétrica e engenheiro eletricista de Minas Gerais, João Carlos Lima ressalta, porém, que nem sempre os chuveiros alcançam a potência máxima, mesmo no modo inverno – o que pode reduzir um pouco o valor cobrado, mas levar a uma água menos aquecida.

“Na hora de ponta, das 17h às 20h, não é bom utilizar o chuveiro, porque o sistema está sobrecarregado, então ele não alcança a potência máxima. Com o chuveiro no modo verão, aí que a água não esquenta mesmo”, pontua. 

Ele também explica que, no modo “verão”, a potência do chuveiro chega a cerca de 2.500 Wh. Nesse caso, o gasto com uma hora de banho diária seria de R$ 54, mais de R$ 60 menos do que no modo “inverno”. 

Como calcular os gastos com o banho 

1. Verifique a potência do chuveiro. Geralmente, a informação está na embalagem ou no próprio aparelho, e o número indica a potência máxima do modo inverno. Em chuveiros tradicionais, ela costuma ser de 5.500 Wh. 

2. Confira, no campo de “valores faturados” da conta de luz, quanto é cobrado por kWh na sua casa. 

3. Calcule a quantidade de kWh utilizados em casa por mês. A fórmula é: potência do chuveiro X quantidade de horas de uso por dia X 30 dias no mês / 1.000.

4. Multiplique o resultado do cálculo anterior pelo valor cobrado por kWh.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 19 =