ESTÂNCIA VELHA – Projeto “Articulando a dança pelo RS – À la carte” é lançado

Projeto contemplado na Lei Aldir Blanc vai oferecer oficinas com inscrições gratuitas 

A Associação Cultural ARTICULA DANÇA RS, que reúne profissionais e fazedores da Dança no RS, lança o projeto ARTICULANDO A DANÇA PELO RS: À LA CARTE com o objetivo promover a capacitação, a formação e a articulação da cadeia produtiva da dança no RS. 

Este projeto ofertará gratuitamente oficinas agrupadas em 3 segmentos: Produção Cultural; Tecnologia Digital e Qualificação em Dança / Técnica e Estética da cena (Preparação Corporal, Flamenco, Danças Urbanas, Danças Afro Orientadas, Danças de Salão, Danças Populares e Danças Inclusivas). 

As oficinas serão realizadas ao longo do mês de julho e as inscrições estarão abertas até a data da primeira aula de cada curso. Cada oficina terá carga horária de 4 horas e será direcionada prioritariamente – com reserva de 50% das vagas – ao público interessado de cidades das 9 regiões funcionais do RS, conforme relação abaixo. As vagas remanescentes poderão ser preenchidas por residentes de qualquer município do Rio Grande do Sul. 

Região  

Na região funcional 1 serão realizadas duas oficinas presenciais. Em Estância Velha, no Espaço Cultural, será ministrada a oficina de Danças de Salão com Taís Maia no dia 31 de julho, das 14h às 18h. 10 vagas. A ministrante vai abordar ritmos brasileiros como samba, forró e sertanejo. I

Maiores informações pelo [email protected], instagram @alacartedancars, facebook/alacartedancarss ou https://alacartedancars.wixsite.com/website. Esta iniciativa será executada através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/20. 

Associação  

A Associação Articula Dança RS, nasceu da necessidade de fortalecimento e ampliação do diálogo da Dança no RS. Acreditamos que ampliando nossa representatividade nas discussões e construções de políticas públicas, promovemos o fortalecimento da cadeia da Dança, tão necessário neste momento de restrições e desafios impostos pela Pandemia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + catorze =