REGIÃO – São Leopoldo amplia vacinação para faixa etária a partir dos 48 anos

Cidade mantém gestantes, lactantes com crianças menores de nove meses e puérperas 

Nesta quinta-feira (17), a Secretaria Municipal da Saúde, da Prefeitura de São Leopoldo, avançou a vacinação contra o coronavírus para pessoas a partir dos 48 anos de idade sem comorbidades.

Além deles, gestantes, mães que deram à luz em até 45 dias e lactantes com bebês menores de nove meses seguiram na lista. O ponto de referência foi a Escola Irmão Weibert, na avenida João Corrêa s/n. 

Para os próximos dias de vacinação, segue o mesmo formato: grávidas devem levar documento com foto, CPF, comprovante de residência e carteira do pré-natal. Em caso de gravidez recente, o exame positivo serve como comprovante. Já lactantes precisam levar, além do documento com foto, a certidão de nascimento do bebê. A vacina, até o momento, é destinada exclusivamente para maiores de 18 anos.

Demais beneficiados 

Pessoas maiores de 18 anos de idade com as seguintes comorbidades: diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias, hepatopatias, pneumopatias, imunossupressão, acidente vascular cerebral, obesidade mórbida e doenças reumáticas seguem recebendo a vacina. A vacinação também permanece para pessoas com deficiência permanente a partir de 18 anos. Elas podem comprovar fisicamente, por meio de laudos médicos ou mediante apresentação do Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência (BPC).

Motoristas e cobradores do transporte coletivo, motoristas de vans escolares, professores e demais trabalhadores da educação remanescentes que perderam a data podem procurar os pontos de vacinação. Para facilitar a distribuição das doses, foram disponibilizados cinco pontos descentralizados: o Centro de Eventos (a pé ou de carro), drive-thru do largo Rui Porto, Antiga Unisinos, a sede da Assemplife e a paróquia Nossa Senhora Aparecida. Além desses locais, a Unidade Móvel de Vacinação estará de manhã nos condomínios São Gabriel e São Borja, na Campina, e à tarde na Boa Vista.

Segunda dose na Antiga Unisinos 

A antiga sede da Unisinos também realiza a aplicação em segunda dose das vacinas do laboratório AstraZeneca/Fiocruz e da Coronavac/Butantan. Para receber o imunizante é necessário levar a carteira de vacinação que comprove a primeira dose. A segunda dose da AstraZeneca/Fiocruz estará disponível para quem recebeu a primeira dose até 20 de março. A segunda dose da Coronavac/Butantan é disponibilizada para quem já completou 21 dias da primeira dose.

Locais 

Scharlau: Paróquia Nossa Senhora Aparecida: rua Felipe Camarão, 18
Feitoria: Assemplife – avenida Feitoria, 4738
Centro a pé: Antiga Unisinos – Praça Tiradentes s/n
Centro de carro: Largo Rui Porto – avenida Dom João Becker
Rio Branco: Centro de Eventos – avenida São Borja
Fião: Escola Irmão Weibert – avenida João Corrêa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 17 =