Campo Bom estuda possibilidade de aderir ao Programa de Aquisição de Alimentos

Programa une o acesso à alimentação de qualidade e o incentivo à agricultura familiar 

Campo Bom estuda aderir a mais uma iniciativa para fomentar a agricultura familiar e, junto a isso, aumentar o acesso das pessoas mais vulneráveis a alimentos de qualidade nutricional. Através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), instituído pelo art. 19 da Lei nº 10.696, municípios recebem verbas federais para a compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar, com destino às pessoas em situação de insegurança alimentar atendidas pela rede de assistência social. 

O programa já é realidade em Estância Velha, conforme foi observado na manhã desta terça-feira (1) pelo secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Gabriel Colissi, o coordenador da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Airton Schäfer, e o coordenador da Emater Campo Bom, Claudinei Baldissera. À convite do secretário de Desenvolvimento Social de Estância Velha, José Dresch, eles puderam ver de perto como funciona o programa naquele município, acompanhando a entrega dos alimentos pelos agricultores e a distribuição para a comunidade. 

Iniciativa  

Ao fim da visita, a Prefeitura ainda recebeu uma cesta com a apresentação dos produtos disponibilizados em Estância Velha, todos plantados dentro da cidade. “Depois de conhecerem o programa na prática, nossas secretarias de Desenvolvimento Social e de Desenvolvimento Econômico, junto à Emater, já têm uma visão do que pode ser feito em Campo Bom para beneficiar nossa agricultura familiar e prestar assistência às pessoas que mais precisam. Já estamos dando os primeiros passos para adesão ao programa, e essa visita nos deixou com ainda mais vontade de torná-lo realidade em Campo Bom”, afirma o prefeito Luciano Orsi, lembrando que a Administração Municipal já direciona cerca de 35% dos recursos recebidos por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para a compra de alimentos provenientes da agricultura familiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − nove =