Rio Grande do Sul ganha participação no PIB brasileiro

Levantamento da CNI mostra o desempenho da indústria gaúcha 

Porto Alegre – O Rio Grande do Sul representa 6,8% do Produto Interno Bruto (PIB) industrial e 6,6% do PIB no Brasil. Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com base no Sistema de Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2018, último levantamento disponível, que revela também ser o RS responsável por 35,7% do PIB industrial da região Sul. O perfil do trabalho inclui também a participação da indústria no PIB do RS – 22,4%, os principais setores da indústria e suas participações no Estado, o número de pessoas empregadas, os salários médios pagos, entre outros dados relevantes. “O Rio Grande do Sul sempre se destacou por uma indústria diversificada, tecnológica e inovadora, o que ficou bastante evidente nesse período de crise provocada pela pandemia. Enfrentamos uma enorme incerteza, e mesmo com a forte subida do preço dos produtos agrícolas, não paramos de produzir alimentos”, destacou Petry.

Perdas e ganhos  

O levantamento da CNI revela também que entre 2008 e 2018 a variação da participação do Rio Grande do Sul no PIB do país cresceu 0,5%, e 1% no PIB industrial. A indústria gaúcha, porém, seguiu caminho inverso na década: perdeu 3,1% de participação no PIB do Estado e 5,5% no País.
Com um salário médio de R$ 2.541 – a média nacional é de R$ 2.792 -, os 777.301 trabalhadores das 47 mil indústrias gaúchas representam 26,3% dos empregos formais no Rio Grande do Sul, Estado que abocanha 32,7% do emprego industrial da região Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =