NOVO HAMBURGO – Raizer Ferreira destaca que Colégio Vila Becker está sem condições para retorno presencial

Sucessivos casos de vandalismo foram fundamentais para parecer 

Após sucessivos atos de vandalismo, o Colégio Estadual Vila Becker, localizado no Bairro Operário, está sem condições para retornar às aulas presenciais. Além do mobiliário depredado e dos equipamentos danificados, até mesmo os fios de cobre foram roubados, inviabilizando a oferta de energia elétrica para as salas que integram a escola.

Após uma visita ao local, o presidente da Câmara, vereador Raizer Ferreira (PSDB), enviou esta semana um documento para as secretarias estaduais de Educação e de Obras solicitando agilidade no processo burocrático de destinação de verbas. “Estou construindo uma agenda com o deputado estadual Faisal Karam e com a Secretaria Estadual de Obras. Esse problema demanda uma solução urgente para que os alunos do Vila Becker não sejam prejudicados em relação ao ano letivo”, ressaltou o parlamentar.

Demora  

Segundo a diretora Bernadete Fasolo, há mais de 10 anos a direção aguarda pelo repasse de verbas do Estado para a realização das obras de infraestrutura previstas já naquela época. Com a longa espera, os antigos problemas estão cada vez mais agravados e se somam aos arrombamentos dos últimos meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =