Campo Bom conclui capacitação de profissionais da Educação Infantil

Formação continuada 2021, on-line, teve participação de quase 500 pessoas, entre professores e auxiliares de ensino 

Priorizando a qualidade da educação, desde o dia 27 de abril até terça-feira, 18 de maio, profissionais da Educação Infantil de Campo Bom participaram de diversos encontros de formação, pautados no compartilhamento de práticas pedagógicas que respeitam a infância, instigam a aprendizagem nas mais significativas vivências e promovem o brincar na sua essência. Todos os quase 500 profissionais participaram das capacitações, de acordo com as faixas etárias em que atuam. “Foram noites lindas, conectadas em rede, compartilhando saberes”, disse a coordenadora de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Cristiane Wagner Müller.

“Compartilhando Práticas” foi o tema da palestra que abriu capacitação, dia 27 de abril, com a professora Raquel Dilly Konrath, do Instituto de Educação Ivoti, Doutora em Processos e Manifestações Culturais pela Feevale. A atividade destacou campos de experiências, Base Nacional Comum Curricular, Documento Orientador Curricular Municipal, interações, brincadeiras e aprendizagens das crianças, propostas na pandemia e experiências significativas na infância. Em maio a formação seguiu com práticas potentes dos profissionais da Educação Infantil, sendo compartilhados em rede.

“O compartilhamento de práticas foi muito significativo, pois a troca de ideias faz com que possamos adquirir novas técnicas. Também foi importante para que pudéssemos conhecer o trabalho de outras escolas e outras colegas”, relata Camila Almeida, 33 anos, da Escola Casinha da Alegria.

“A formação colaborativa que tivemos foi excelente. Pude perceber que o compartilhamento das práticas foram bem reais e condizentes com o que realmente vivenciamos com os nossos pequenos. É muito bom poder trocar ‘figurinhas’ com as colegas, trocar experiências e vivências, isso enriquece nosso trabalho e nos ajuda a ter cada vez mais a certeza que estamos no caminho certo. Gostaria de agradecer a oportunidade de poder compartilhar as minhas práticas com os pequenos aqui da escola. Embora o convite tenha sido, de início, um pouco assustador, sou grata pela escuta e pelo reconhecimento de vocês, enquanto Secretaria de Educação e das colegas de rede”, disse Mabieli Nunes Monteiro, da Emei D. Pedro I (Nível 1 e 2 A).

Lives 

“As lives de formação têm proporcionado momentos extremamente ricos e pertinentes quanto às temáticas e práticas de ensino diversas que realmente acontecem e fazem toda a diferença. Com certeza irão ajudar a concretizar um trabalho pedagógico mais sólido, com desafios que proporcionam a busca de novos saberes. Ter a oportunidade de compartilhar a minha prática, bem como saber que posso estar ajudando colegas a buscar meios tecnológicos que auxiliam na Educação Infantil, foi muito gratificante. Ver colegas trazendo experiências que agregam e que nos faz ter um novo olhar pedagógico é inspirador. A pandemia nos trouxe dificuldades, mas também nos desacomodou para buscarmos um potencial que estava adormecido. Podemos dizer que a escola está muito além dos muros e que somos professores inseridos em uma rede de ensino que proporciona oportunidades de envolvimento e de aprendizado entre os colegas que estão em constante atualização em prol de nossas crianças”, relata Silena Kister Monteiro, da Emei Amiguinho.

Satisfação  

A secretária municipal de Educação e Cultura, Simone Schneider, não esconde sua satisfação pela conclusão com sucesso da formação continuada. “Como dizia o tema da atividade de abertura dos trabalhos, ‘compartilhando práticas’ os profissionais da Educação Infantil se atualizaram para continuar levando sempre o melhor às crianças nessa fase fundamental do aprendizado”, observa a secretária.

“Nossa gestão sempre buscou qualificar os quadros da educação e essa formação, dando suporte pedagógico aos profissionais, mostra que mesmo neste período pandêmico, continuamos cuidando da sua atualização”, ressalta o prefeito Luciano Orsi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + cinco =