Fort Atacadista terá unidade em Novo Hamburgo

Grupo catarinense abrirá 1,2 mil empregos nos seus quatro primeiros atacarejos no RS  

A entrada do Fort Atacadista no Rio Grande do Sul será com quatro lojas, que somarão um investimento de R$ 150 milhões. Segundo informações do Grupo Pereira, as primeiras unidades ficarão em Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e Caxias do Sul. A ideia é inaugurá-las no primeiro trimestre de 2022. Para isso, as obras começarão ainda neste ano. Em Novo Hamburgo, ainda não está confirmado o local.  

Com esses primeiros atacarejos, já serão abertos 1,2 mil empregos diretos. Outros postos de trabalho indiretos também são gerados pela operação. Segundo a empresa, em Santa Catarina, as vagas são preenchidas por moradores da cidade da loja e também dos arredores. No site do Fort Atacadista, há um link de Trabalhe Conosco para que as pessoas possam se concorrer aos empregos na empresa, mas ainda não há vagas disponíveis no Rio Grande do Sul. 

Empresa  

A empresa foi fundada na década de 1960 em Itajaí (SC). “Além de ter uma das principais economias do país, quando falamos da ampliação da presença do Grupo Pereira, neste caso com a bandeira Fort Atacadista, o estado é importante para a consolidação na região sul”, disse a empresa.  “A escolha das cidades levou em conta questões como número de habitantes e localização. Estamos descendo praticamente em linha reta até Porto Alegre”, completou. 

Rede  

Quinta maior rede de supermercados do país com faturamento anual de R$ 8,8 bilhões, o Grupo Pereira anunciou já poucos dias que estava chegando a São Paulo com a marca Fort Atacadista. O atacarejo Fort Atacadista responde por 70% dos negócios do Pereira. Mas o grupo tem ainda as bandeiras Comper (varejo), Bate Forte (atacado), Sempre Fort (farmácias), Vuon (cartão de crédito e benefícios) e Perlog (logística). Até agora, são 86 lojas em Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Brasília. O investimento na expansão em 2021 será de R$ 500 milhões.   

No ranking da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) de 2020, o Grupo Pereira fica atrás apenas do Carrefour, GPA, Cencosud e Muffato. A lista considera o faturamento informado pelas companhias. Não é a primeira empresa de varejo de alimentos de Santa Catarina a avançar no mercado gaúcho recentemente. Novos empreendimentos da Bistek e da Passarela, sem falar das unidades aceleradas da Havan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 10 =