PORTÃO – Procuradoria da Mulher do Poder Legislativo começa a formar rede de apoio

Primeira reunião de trabalho do grupo ocorreu no último dia 30 de abril 

Iniciativa das vereadoras Joice Dillenburg (PDT) e Fátima Tendedini Coelho (PTB), mais a assessora jurídica do Poder Legislativo, Vanessa de Almeida, e a servidora de carreira da Câmara Ione Silva, a Procuradoria Especial da Mulher teve a primeira reunião de trabalho dia 30 de abril. “Convidamos uma série de órgãos que, de alguma forma, têm a ver com a questão da violência contra a mulher. A grande maioria respondeu a nosso chamado”, salienta a pedetista.

Joice diz que o encontro serviu para todas se conhecerem e começarem a formar uma rede de apoio, porque se trata de um assunto transversal. O intuito do grupo é conduzir caso a caso levando em consideração todo o contexto em que a vítima está inserida. “Uma agressão, por exemplo, não é somente um caso de polícia. Talvez a mulher precise um apoio psicológico, jurídico, médico; talvez precise também de um emprego porque depende economicamente do agressor”, acrescenta Fátima.

Melhorias  

Além de atuar na promoção dos direitos da mulher, o movimento vai trabalhar para uma melhoria geral das políticas públicas. Questões como representatividade na política, a visibilidade da mulher na sociedade, a igualdade de gêneros e o combate à discriminação também estão em pauta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =